Ademir Roque Kaefer

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ademir
Informações pessoais
Nome completo Ademir Roque Kaefer
Data de nasc. 6 de janeiro de 1960 (54 anos)
Local de nasc. Toledo (PR),  Brasil
Informações profissionais
Clube atual aposentado
Posição Volante
Clubes de juventude
Brasil Toledo
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos (golos/gols)
1977-1980
1981-1986
1986
1986-1992
1992-1993
1993-1995
Brasil Toledo
Brasil Internacional
Brasil Santo André
Brasil Cruzeiro
Argentina Racing
Brasil Cruzeiro
 ? (?)
? (?)
? (?)
439 (9)1
? (?)
? (?)
Medalhas
Jogos Olímpicos
Prata Estados Unidos Los Angeles 1984 Equipe
Prata Coreia do Sul Seul 1988 Equipe
Jogos Pan-Americanos
Ouro Estados Unidos Indianápolis 1987 Equipe

Ademir Roque Kaefer (Toledo, 6 de janeiro de 1960) é um ex-futebolista brasileiro que atuava como volante.

Carreiraeditar | editar código-fonte

Começou a carreira entre os juvenis do Toledo em 1978 e viria a disputar seu primeiro campeonato como profissional na mesma equipe, dois anos depois.1 Depois disso, se transferiu para o Internacional, onde se sagraria tetracampeão gaúcho. Ainda no Colorado, Ademir seria convocado para seus primeiros Jogos Olímpicos, em Los Angeles, e o time brasileiro conquistaria a medalha de prata na competição.

Em março de 1986, teria uma passagem rápida pelo Santo André de onde saiu em outubro do mesmo ano1 para o clube onde passaria a maior parte da sua carreira e conquistaria o maior número de títulos, o Cruzeiro. Na sua primeira passagem pelo clube, seria convocado mais uma vez para os Jogos Olímpicos, conquistaria a prata novamente e se tornaria o único jogador brasileiro de futebol a ter duas prateadas.2

Dentre os nove gols que marcou vestindo a camisa da Raposa, o mais importante foi o primeiro gol do jogo de volta da final da Supercopa Libertadores de 1991. O Cruzeiro tinha perdido o primeiro jogo por dois a zero contra o River Plate e o gol de Ademir e mais os dois de Mário Tilico deram ao clube celeste o primeiro título internacional em quinze anos.

O gol da final não foi a única contribuição de Ademir para a conquista. Na semifinal, Nonato bateu o último pênalti que classificou o Cruzeiro frente o Olimpia e foi em direção à torcida adversária. Coube a Ademir retirar o lateral da briga que se formava.1

Passou uma temporada no Racing argentino e depois voltou ao Cruzeiro para jogar entre 1993 e 1995 para encerrar a carreira depois de dezoito anos de atividade.

Atualmente mora em sua cidade natal e trabalha como agropecuarista. É casado e tem dois filhos.2

Títuloseditar | editar código-fonte

Brasil Internacionaleditar | editar código-fonte

Brasil Cruzeiroeditar | editar código-fonte

Pela Seleção Brasileiraeditar | editar código-fonte

Ligações externaseditar | editar código-fonte

Referências

  1. a b c d Ademir Kaefer, um lutador Páginas Heróicas Digitais (PHD) - Cruzeiro.Org. (em Português) (26/08/2008). Página visitada em 01/08/2010.
  2. a b Milton Neves







Creative Commons License