Aeronavegabilidade

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Aeronavegabilidade (em inglês: "airworthiness") é a propriedade ou capacidade de uma aeronave de realizar um voo seguro ou navegar com segurança no espaço aéreo, para o transporte de pessoas, bagagens ou cargas, ou para a realização de serviços aéreos especializados, policiais ou outros. Essa propriedade ou capacidade é reconhecida pelo órgão governamental responsável através da concessão de um certificado de aeronavegabilidade. Esse certificado é, junto com o certificado de marcas de nacionalidade e matrícula, uma condição necessária para que uma aeronave civil possa voar na maioria dos países, particularmente os que integram a Organização da Aviação Civil Internacional. 1 2 3

Certificado de Aeronavegabilidadeeditar | editar código-fonte

De acordo com os regulamentos brasileiros da aviação civil (RBAC 21, seção 21.175) 4 , assim como os regulamentos federais da aviação norte-americana (CFR 14 - Part 21, § 21.175) 5 , existem basicamente dois tipos de certificados de aeronavegabilidade:

  • certificado de aeronavegabilidade padrão (ou simplesmente certificado de aeronavegabilidade), que é aquele emitido para aeronaves de projeto certificado. Esse certificado segue as normas da Organização da Aviação Civil Internacional e dá direito à primeira e a segunda liberdades do ar (sobrevoo e pouso técnico) previstas na Convenção de Chicago; e
  • certificado de aeronavegabilidade especial, que inclue propósitos tais como voos experimentais e voos de translado para retorno à base de manutenção.


Quando se trata de certificado de aeronavegabilidade padrão, três componentes são básicos:


Ver tambémeditar | editar código-fonte

Referências

  1. Certificação de Aeronavegabilidade - MPR-100. Manuais de Procedimentos (MPH/MPR). Superintendência de Aeronavegabilidade - SAR. Agência Nacional de Aviação Civil - ANAC.
  2. de FLORIO, F.. Airworthiness: An Introduction to Aircraft Certification. Great Britain: Elsevier, 2010. ISBN 9780080968025
  3. INTERNACIONAL CIVIL AVIATION ORGANIZATION. Annex 8 — Airworthiness of Aircraft. [S.l.: s.n.], 2010. ISBN 978-92-9231-518-4
  4. Certificação de produto aeronáutico - RBAC 21. Regulamentos Brasileiros da Aviação Civil (RBAC). Superintendência de Aeronavegabilidade - SAR. Agência Nacional de Aviação Civil - ANAC.
  5. Part 21—Certification Procedures for Products and Parts. Electronic Code of federal Regulations (e-CFR). U.S. Government Printing Office.
  6. "Health and Usage Monitoring Systems (HUMS) are integrated with aircraft management computers to allow maintainers early warnings of parts that will need replacement" ("Sistemas de Monitoramento da Saúde e do Uso" são integrados com computadores de gerenciamento das aeronaves para permitir avisos antecipados aos mantenedores sobre partes que precisarão de substituição). Aircraft management systems. Avionics. Wikipedia. (visitado em 12/08/2010)
  7. Cronkhite, J.; Dickson, B.; Martin, W.; Collingwood, G. "Operational Evaluation of a Health and Usage Monitoring System (HUMS)" (Avaliação Operacional de um Sistema de Monitoramento da Saúde e do Uso).(Diagnostics; Vibration measurement; Helicopters; Health and usage monitoring). NASA Glenn Technical Reports Server. (visitado em 12/08/2010)







Creative Commons License