Ardósia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ardósia.

A ardósia é uma rocha sílico-argilosa formada pela transformação da argila sob grande pressão e temperatura, endurecida em finas lamelas.

A ardósia pode ser transformada em soletos, porque tem duas linhas de folhabilidade: clivagem e grão. Isto torna possível que se divida em finas folhas. Coberturas sintéticas e manufaturadas podem, inicialmente, ser mais baratas no acto da colocação, mas os soletos de ardósia durarão muitos e muitos anos, fazendo deste material uma escolha de futuro mais econômica. A ardósia é uma rocha metamórfica. Outras aplicações da ardósia: pavimentos, fachadas, tampos de laboratórios, e em decorações interiores e exteriores. Folhas finas de ardósia preta ou cinza escuro eram o material mais usado na produção de quadros negros, ou lousa. Hoje em dia, com o surgimento de materiais mais adequados, a ardósia deixou de ser usada para esse propósito.

Algumas das mais finas ardósias do mundo têm origem em Campo (Valongo) em Portugal, Escócia e Slate Valley de Vermont e Nova York nos Estados Unidos.

Ardósia no Brasileditar | editar código-fonte

O estado de Minas Gerais responde por 95% da produção de ardósia do Brasil1 . As áreas de extração e beneficiamento de ardósias de Minas Gerais Pela Ardosia Paraopeba estão situadas nos municípios de Caetanópolis, Curvelo, Felixlândia, Leandro Ferreira, Martinho Campos, Papagaios, Paraopeba e Pompéu. O Brasil é o segundo maior produtor e consumidor mundial.2 Em 2007, contava com 25 pedreiras e cerca de 200 indústrias de beneficiamento, que geram cerca de cinco mil empregos diretos e mais cinco mil indiretos.

Ver tambémeditar | editar código-fonte

Referências

  1. ...:::FEINAR:::.... www.feinar.com.br. Página visitada em 2010-04-23.
  2. ...:::FEINAR:::.... www.feinar.com.br. Página visitada em 2010-04-23.

Ligações externaseditar | editar código-fonte








Creative Commons License