Celso Charuri

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Celso Charuri (São Paulo, 11 de junho de 1940Sorocaba, 20 de dezembro de 1981) foi ummédico e filósofo 1 conhecido por ter idealizado e criado a Pró-Vida.

Vidaeditar | editar código-fonte

Celso Charuri nasceu no bairro paulistano da Mooca, onde passou sua infância e adolescência. Na década de 60, estudou medicina na Universidade Federal do Paraná, em Curitiba,onde especializou-se em ginecologia eobstetrícia. De volta a São Paulo, estabeleceu seu consultório na Rua da Mooca, onde atendeu entre 1969 e 1981, ano em que faleceu, aos 41 anos de idade.

Em 1978 criou a Pró-Vida2 , onde passou a ministrar cursos de desenvolvimento e treinamento mental.

Ideaiseditar | editar código-fonte

Dr. Celso afirma que o meio é produto do homem3 e que, portanto, seres com a percepção ampliada e com seu potencial mental, psíquico e espiritual desenvolvido, poderiam construir um mundo mais digno.

Para alcançar aquilo que ele chamou de “integração cósmica”, o homem deve ampliar sua consciência, atingindo um estado que permitirá uma manifestação diferenciada no meio em que atua. Dr. Celso sempre defendeu idéias como Cooperação e Solidariedade que, segundo ele, são a expressão do propósito da construção de um “Mundo Bem Melhor”, e ressaltou que “a Justiça trará a Liberdade e a Paz”4 .

Em 1979 fundou a Central Geral do Dízimo, entidade com fins não-econômicos que realiza doações a entidades assistenciais e que, segundo a própria instituição5 , já havia realizado mais de 5.400 doações ao completar 25 anos de existência, em 2004.

Reconhecimento no meio acadêmico e científicoeditar | editar código-fonte

A obra filosófica do Dr. Celso Charuri, cuja divulgação tem sido em sua maior parte restrita aos alunos da instituição criada por ele, vem sendo progressivamente reconhecida pela comunidade acadêmica. Já há pelo menos uma tese de doutorado1 na área de saúde que utiliza a parte publicamente conhecida dela como uma de suas bases teóricas.

Além disso, muitos outros acadêmicos têm rendido homenagem a ele no texto de suas dissertações ou teses 6 7 8 9 10 11 .

Homenagenseditar | editar código-fonte

Publicaçõeseditar | editar código-fonte

  • Como Vai a Sua Mente?, PC Editorial, 2001.

Referências

  1. a b Tese de doutorado da Faculdade de Ciências Médicas da Unicamp - que qualifica o Dr. Celso Charuri como filósofo e usa, como uma das suas bases teóricas, a parte publicamente conhecida de sua obra filosófica - na Biblioteca Digital da Unicamp (o acesso é público, mas exige cadastramento)
  2. Circular Pró-Vida - Outubro de 2000
  3. Site Oficial da Pró-Vida: [1]
  4. Circular Pró-Vida - Junho de 2007
  5. Circular Pró-Vida - Outubro de 2004
  6. Tese da Faculdade de Odontologia da Unicamp na biblioteca digital da Unicamp
  7. Tese da Faculdade de Ciências Médicas da Unicamp na biblioteca digital da Unicamp
  8. Tese da Faculdade de Engenharia Elétrica e de Computação da Unicamp na digital da Unicamp
  9. Tese da Faculdade de Enfermagem da [USP] nabiblioteca digital da USP
  10. Tese da Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade da USP nabiblioteca digital da USP
  11. Tese do Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT)

Ligações externaseditar | editar código-fonte

Wikiquote
O Wikiquote possui citações de ou sobre: Celso Charuri







Creative Commons License