Daniel Kahneman

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Daniel Kahneman Medalha Nobel
Psicologia
Nascimento 5 de março de 1934 (80 anos)
Local Tel Aviv
Atividade
Campo(s) Psicologia
Orientador(es) Susan M. Ervin-Tripp
Prêmio(s) Nobel prize medal.svg Nobel de Economia (2002)

Daniel Kahneman (Tel Aviv, 5 de março de 1934) é um teórico da finança comportamental (behavioural), a qual combina a economia com a ciência cognitiva para explicar o comportamento aparentemente irracional da gestão do risco pelos seres humanos.

É conhecido por sua colaboração com Amos Tversky e outros, estabelecendo uma base cognitiva para os erros humanos comuns, usando a heurística e desenvolvendo a "prospect theory".

Kahneman viveu sua infância em Paris, França e regressou para a Palestina em 1946. Ele fez a licenciatura (B.Sc.) em matemática e psicologia na Universidade Hebraica de Jerusalém em 1954, após o qual ele serviu nas forças de defesa israelitas, principalmente no seu departamento de psicologia. Em 1958 ele foi para os Estados Unidos e fez o doutoramento em Psicologia pela Universidade da Califórnia, Berkeley em 1961.

Atualmente é professor da Universidade de Princeton e um membro (fellow) da Universidade Hebraica, ele foi vencedor em 2002 do Prémio do Banco da Suécia em Ciências Económicas em memória de Alfred Nobel (designado por vezes como o Prémio Nobel da Economia), apesar de ser um psicólogo e não um economista. De facto, Kahneman nunca fez qualquer cadeira em economia, ele afirma que aquilo que ele sabe sobre o assunto foi o que ele e Tversky aprenderam com colaboradores como Richard Thaler e Jack Knetsch.

Ligações externaseditar | editar código-fonte


Precedido por
George Arthur Akerlof, Michael Spence e Joseph Stiglitz
Prémio de Ciências Económicas em Memória de Alfred Nobel
2002
com Vernon Smith
Sucedido por
Robert Engle e Clive Granger









Creative Commons License