Demografia da Grécia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Gráfico demográfico da Grécia

Demografia da Grécia - a Grécia tem sido habitada desde o Período Paleolítico e, por volta do ano 3.000 A.C. se tornou o lar, nas Ilhas Cícladas, de uma cultura cuja arte permanece como uma das mais notáveis da História. No início do 2o milênio A.C., a ilha de Creta foi o lar do sofisticado império marítimo dos minóicos, cujo comércio atingia o Egito e a Sicília. Os Minóicos foram derrotados pelos Micênicos, um povo da Grécia continental, que falava um antigo dialeto grego.

No princípio, o mosaico de cidades-estado gregas tinha semelhanças étnicas. Durante os impérios romano, bizantino e otomano (abrangendo todo o período que vai do século I ao século XIX) a composição étnica da Grécia diversificou-se. Desde a independência, em 1829 e da troca de populações com a Turquia em 1923, a Grécia forjou um estado nacional que reclama suas origens há 3 mil anos.

A língua grega remonta há 3.500 anos, e o grego moderno preserva muitos elementos de seu antecessor clássico. No século XIX, após a Guerra de Independência Grega, fez-se um esforço para eliminar da língua as expressões de origem turca e árabe. A versão resultante foi considerada próxima do Koiné (Κοινή) grego, e foi chamada de Katharevoussa (Καθαρεύουσα). No entanto, a Katharevoussa nunca foi adotada pelos gregos na linguagem diária. O grego comumente falado é chamado Dimotiki (Δημοτική), e se tornou a língua oficial em 1976. A Grécia tem uma população de aproximadamente 10 milhões de habitantes, 98% são de origem grega. Sua população apresenta crescimento de 0,3% ao ano. A taxa de analfabetismo é 2,8% e a renda per capita é US$ 11.740.


Flag-map of Greece.svg Grécia
História • Política • Regiões • Geografia • Economia • Demografia • Cultura • Turismo • Portal • Imagens







Creative Commons License