G15

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde Julho de 2009).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Países do G15

O Grupo dos 15, ou G15, foi estabelecido na nona reunião de cúpula do movimento dos Não-Alinhados em Belgrado, Iugoslávia em setembro de 1989. Foi proposta a cooperação e a entrada para outros grupos internacionais, tais como a Organização Mundial de Comércio (OMC) e o grupo das oito nações ricas e industrializadas (G8). É composto dos países da América do Norte, da América do Sul, da África, e da Ásia com um objetivo em comum, o crescimento e a prosperidade. O G15 focaliza na cooperação entre países nas áreas de investimento, de comércio, e de tecnologia. A sociedade do G15 expandiu a 18 países, mas o nome permaneceu o mesmo. Os países do acordo são: Argélia, Argentina, Brasil, Chile, Egito, Índia, Indonésia, Irã, Jamaica, Quênia, Nigéria, Malásia, México, Peru, Senegal, Sri Lanka, Venezuela e Zimbabwe. O Irã entrou para o G15 na reunião de cúpula dos Não-Alinhados de 2006 em Havana.

14ª Cúpula do G15editar | editar código-fonte

A 14ª Cúpula do G15 realizou-se no dia 17 de maio de 2010 na capital iraniana, Teerã1 . O evento acontece em um momento delicado da política externa iraniana, já que o país se defende de acusações a respeito do seu programa nuclear. Para evitar mais sanções do Conselho de Segurança da ONU, o governo iraniano concordou em fazer o enriquecimento de urânio no exterior, depois de negociações com o Brasil e a Turquia.

Referências

Ver tambémeditar | editar código-fonte








Creative Commons License