Instituto

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Instituto é uma organização permanente criada com propósitos definidos. Em geral trata-se de uma organização voltada para pesquisa científica em tópicos bem determinados ou para fins filantrópicos. Pode-se tratar também de uma parte de uma instituição de ensino superior que possui certa autonomia em relação à instituição principal. Outro exemplo são os institutos de formação política, mantidos para a qualificação da militância e disseminação dos pontos de vista de partidos políticos.

Institutos brasileiroseditar | editar código-fonte

No Brasil podemos citar como exemplos de institutos:

Instituto de pesquisa científicaeditar | editar código-fonte

Instituto Universitárioeditar | editar código-fonte

Instituto Filantrópico e Educacionaleditar | editar código-fonte

Exemplo de instituto filantrópico e educacional temos o Instituto Presbiteriano Mackenzie.

Outroseditar | editar código-fonte

Institutos públicos em Portugaleditar | editar código-fonte

Em Portugal, um instituto público (IP) constitui um tipo de organismo que integra a administração indireta do Estado ou das regiões autónomas.

São considerados institutos públicos os serviços e fundos, da Administração do Estado e das regiões autónomas dos Açores e da Madeira, quando dotados de personalidade jurídica. Os fundos personalizados, considerados institutos públicos, são também designados "fundações públicas".

Ver tambémeditar | editar código-fonte

Wiki letter w.svg Este artigo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o. Editor: considere marcar com um esboço mais específico.







Creative Commons License