Joan Crawford

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Joan Crawford
Crawford em 1948
Nascimento 23 de março de 19051
San Antonio, Estados Unidos
Morte 10 de maio de 1977 (72 anos)
Nova York, estados Unidos
Nacionalidade Estados Unidos norte-americana
Principais trabalhos Dancing Lady
Almas em Suplício
Fogueira de Paixões
Precipícios D'Alma
Johnny Guitar
O Que Terá Acontecido a Baby Jane?
Grande Hotel
Prêmios Oscar
Melhor Atriz
1945 Almas em Suplício
Assinatura Joan Crawford Signature.svg

Joan Crawford nome artístico de Lucille Fay LeSueur (San Antonio, 23 de março de 19051Nova Iorque, 10 de maio de 1977) foi uma atriz americana, com uma carreira de quase cinco décadas no cinema, teatro e televisão e premiada com o Oscar de melhor atriz em 1945.

Biografiaeditar | editar código-fonte

Lucille Fay LeSueur - seu verdadeiro nome - teve uma vida difícil. Descobriu desde cedo suas qualidades como dançarina que lhe garantiu sobrevivência antes de entrar para o cinema.

Este não era ainda o caminho para o estrelato, mas Lucille provaria ser persistente. Conheceu Nils Granlund quando trabalhava no bar de Henry Richman, um dos amantes de Clara Bow. Para circular com os clientes como Richman exigia que fizesse, ela precisava de uma roupa adequada. Granlund deu-lhe o dinheiro para comprá-la e Joan foi ao seu escritório para mostrá-la. Havia acabado de se despir para pôr o vestido novo quando entrou Marcos Loew, da MGM. Ele gostou muito do que viu e conseguiu um teste para ela. Algum tempo depois informaram a Crawford que a Metro Goldwyn Mayer pretendia contratá-la por cinco anos.

Assinou contrato em 1925 e fez sua estréia no cinema em Pretty Ladies, ainda na época do cinema mudo. Lucille aprendeu rapidamente e se integrou muito bem ao sistema do estúdio. Quem quisesse determinado papel devia provar o seu talento para algum dos grandes chefes. Isso não seria problema para ela. Logo estava trabalhando, graças a uma entrevista com o publicitário da MGM, Harry Rapf. Decidiu-se que seu nome não era conveniente para uma estrela. A revista Movie Weekly organizou um concurso para encontrar o nome para a nova promessa das telas. O vencedor foi Joan Crawford, o que ela passou a ser.

Foi indicada três vezes ao Oscar de melhor atriz: em 1945 por Almas em Suplício, em 1947 por Fogueira de Paixões e em 1952 por Precipícios D'Alma. Venceu em 1945 e participou de outros filmes de sucesso como Johnny Guitar, O Que Terá Acontecido a Baby Jane?.

Foi casada quatro vezes. Os três primeiros casamentos foram com os atores Douglas Fairbanks Jr., Franchot Tone e Philip Terry e o quarto com o empresário Alfred Steele, maior acionista da Pepsi Cola e de quem ela ficou viúva em 1959, exercendo por vários anos o cargo de presidente do conselho da empresa.

Não teve filhos mas adotou quatro crianças: Christina, Christopher e as gémeas Cynthia "Cindy" e Cathy.

No seu testamento,2 escrito pouco tempo antes de sua morte, Joan Crawford deserdou os seus dois filhos mais velhos, Christina e Christopher, legando uma parcela mínima da sua fortuna, avaliada em cerca de dois milhões de dólares, aos outros dois.

Joan Crawford no filme Rain, 1932
Cena do trailer de What Ever Happened to Baby Jane? de 1962

Após sua morte, sua filha mais velha Christina Crawford, publicou Mommie Dearest (Mamãezinha Querida), um livro autobiográfico best-seller em que descreve Joan como péssima e abusiva mãe, dela e de seu irmão. Segundo Christina, a mãe era alcoólatra e não tinha nenhum afeto pelos filhos, que teria adotado apenas para fins publicitários. O livro, bastante polêmico, foi levado às telas com Faye Dunaway no papel de Crawford. A banda Blue Oyster Cult faz uma citação referente a esse fato em sua música Joan Crawford.

Encontra-se sepultada no Ferncliff Cemetery, Hartsdale, Condado de Westchester, Nova Iorque nos Estados Unidos.3

Filmografiaeditar | editar código-fonte

Filmes mudoseditar | editar código-fonte

ano de lançamento # Título Papel Produtora
1925 1 Lady of the Night dublê de Norma Shearer4 Metro-Goldwyn-Mayer
2 Proud Flesh Garota de San Francisco4
3 A Slave of Fashion Mannequin4
4 The Merry Widow Figurante na dança de salão4
5 Pretty Ladies Bobby, uma showgirl5
6 The Circle Jovem Lady Catherine4
7 The Midshipman Figurante4
8 Old Clothes Mary Riley5
9 The Only Thing Convidada da festa4
10 Sally, Irene and Mary Irene
1926 11 Tramp, Tramp, Tramp Betty Burton First National Pictures
12 The Boob Jane Metro-Goldwyn-Mayer
13 Paris A Garota
1927 14 Winners of the Wilderness René Contrecoeur
15 The Taxi Dancer Joslyn Poe
16 The Understanding Heart Monica Dale
17 The Unknown Estrellita ou Nanon, Filha de Zanzi
18 Twelve Miles Out Jane
19 Spring Fever Allie Monte
1928 20 West Point Betty Channing
21 The Law of the Range Betty Dallas
22 Rose Marie Rose Marie
23 Across to Singapore Priscilla Crowninshield
24 Four Walls Frieda
25 Our Dancing Daughters Diana Medford Cosmopolitan Production (subsidiária da MGM)
26 Dream of Love Adrienne Lecouvreur
1929 27 The Duke Steps Out Susie
28 Tide of Empire Josephita Guerrero
29 Our Modern Maidens Billie Brown

Filmes com someditar | editar código-fonte

ano da lançamento # Título Papel Produtora
1929 28 The Hollywood Revue of 19296 Specialty Metro-Goldwyn-Mayer
29 Untamed Alice "Bingo" Dowling
1930 30 Montana Moon Joan Prescott
31 Our Blushing Brides Gerry Marsh
32 Paid Mary Turner
1931 33 Dance, Fools, Dance Bonnie Jordan
34 Laughing Sinners Ivy Stevens
35 This Modern Age Val Winters
36 Possessed Marian Martin
1932 37 Grand Hotel Flaemmchen
38 Letty Lynton Letty Lynton
39 Rain Sadie Thompson United Artists
1933 40 Today We Live Diana "Ann" Boyce-Smith Metro-Goldwyn-Mayer
41 Dancing Lady Janie "Duchess" Barlow
1934 42 Sadie McKee Sadie McKee Brennan
43 Chained Diane Lovering, also called "Dinah"
44 Forsaking All Others Mary Clay
1935 45 No More Ladies Marcia Townsend
46 I Live My Life Kay Bentley
1936 47 The Gorgeous Hussy Margaret O'Neal "Peggy" Eaton
48 Love on the Run Sally Parker
1937 49 The Last of Mrs. Cheyney Fay Cheyney
50 The Bride Wore Red Anni Pavlovitch
51 Mannequin Jessica Cassidy
1938 52 The Shining Hour Olivia Riley
1939 53 Ice Follies of 1939 Mary McKay, a.k.a Sandra Lee
54 The Women Crystal Allen
1940 55 Strange Cargo Julie
56 Susan and God Susan Trexel
1941 57 A Woman's Face Anna Holm
58 When Ladies Meet Mary Howard
1942 59 They All Kissed the Bride Margaret Drew Columbia Pictures
60 Reunion in France Michelle de la Becque Metro-Goldwyn-Mayer
1943 61 Above Suspicion Frances Myles
1944 62 Hollywood Canteen Ela própria Warner Brothers
1945 63 Mildred Pierce Mildred Pierce
1946 64 Humoresque Helen Wright
1947 65 Possessed Louise Howell Graham
66 Daisy Kenyon Daisy Kenyon 20th Century Fox
1949 67 Flamingo Road Lane Bellamy Warner Brothers
68 It's a Great Feeling Herself
1950 69 The Damned Don't Cry! Ethel Whitehead
70 Harriet Craig Harriet Craig Columbia Pictures
1951 71 Goodbye, My Fancy Agatha Reed Warner Brothers
1952 72 This Woman is Dangerous Beth Austin
73 Sudden Fear Myra Hudson RKO Radio Pictures
1953 74 Torch Song Jenny Stewart Metro-Goldwyn-Mayer
1954 75 Johnny Guitar Vienna Republic Pictures
1955 76 Female on the Beach Lynn Markham Universal Pictures
77 Queen Bee Eva Phillips Columbia Pictures
1956 78 Autumn Leaves Millicent Wetherby
1957 79 The Story of Esther Costello Margaret Landi
1959 80 The Best of Everything Amanda Farrow 20th Century Fox
1962 81 What Ever Happened to Baby Jane? Blanche Hudson Warner Brothers
1963 82 The Caretakers Lucretia Terry United Artists
1964 83 Strait-Jacket Lucy Harbin Columbia Pictures
1965 84 I Saw What You Did Amy Nelson Universal Pictures
1967 85 Berserk! Monica Rivers Columbia Pictures
1970 86 Trog Dr. Brockton Warner Brothers

Na televisãoeditar | editar código-fonte

ano de lançamento # Título da série Título do episódio Papel Rede
1953 1 Revlon's Mirror Theater "Because I Love Him" Margaret Hughes CBS
1954 2 General Electric Theater "The Road to Edinburgh" Mary Andrews
1958 3 General Electric Theater "Strange Witness" Ruth
1959 4 General Electric Theater "And One Was Loyal" Ann Howard
1959 5 The Joan Crawford Show "Woman On The Run"7 Susan Conrad Unaired
1959 6 Dick Powell's Zane Grey Theater "Rebel Range" Stella Faring CBS
1961 7 Dick Powell's Zane Grey Theater "One Must Die" Sarah Davidson
Melanie Davidson
8 The Foxes [filme feito para a televisão] Millicent Fox NBC
1963 9 Route 66 "Same Picture, Different Frame" Morgan Harper CBS
1966 10 Della8 [made-for-TV movie] Della Chappell
1967 11 The Man from U.N.C.L.E. "The Five Daughters Affair", Part 1 Amanda True NBC
1968 12 The Lucy Show "Lucy and Joan Crawford or The Lost Star" Herself CBS
1968 13 The Secret Storm [telenovela diurna (soap opera)] Joan Boreman Kane #2
1969 14 Night Gallery "Eyes" Claudia Menlo NBC
1970 15 The Virginian "The Nightmare" Stephanie White
1971 16 The Name of the Game "Los Angeles" Board Member
1972 17 Beyond the Water's Edge [filme feito para a televisão] Allison Hayes
1972 18 The Sixth Sense "Dear Joan: We're Going To Scare You To Death!" Joan Fairchild ABC

Referências

  1. a b Por toda a sua vida, Crawford sustentou que nascera em 1908, mas provavelmente terá nascido mais cedo. Como em San Antonio não eram realizados registros antes de 1910, e na ausência da certidão de nascimento, seu ano de nascimento foi estimado em 1905 baseado no censo de abril de 1910 quando ela tinha cinco anos. Christina Crawford relata em Mommie Dearest, que de acordo com a "avó" de Christina, Joan teria na verdade nascido em dezembro de 1904. [1] [2]
  2. Testamento de Joan Crawford. Joancrawfordbest.com.
  3. Joan Crawford (em inglês) no Find a Grave.
  4. a b c d e f g não-creditado
  5. a b credited as Lucille LeSueur
  6. Com som. A cores. Cantando, dançando, e fazendo parte de um elenco estelar, que executa a canção "Singin' in the Rain".
  7. Episódio piloto
  8. a.k.a. Fatal Confinement

Ligações externaseditar | editar código-fonte

Commons
O Commons possui multimídias sobre Joan Crawford
Precedida por:
Ingrid Bergman
por Gaslight
Oscar de Melhor Atriz
por Mildred Pierce

1945
Sucedida por:
Olivia de Havilland
por To Each His Own








Creative Commons License