Kōbe

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Kobe)
Ir para: navegação, pesquisa
Kōbe
神戸市 (kōbe-shi)
Do topo, à esquerda: salão principal do templo Taisan-ji; Chinatown de Kobe; Ponte Akashi-Kaikyo; Torre do porto de Kobe; e panorama de Kobe vista do Monte Maya.
Do topo, à esquerda: salão principal do templo Taisan-ji; Chinatown de Kobe; Ponte Akashi-Kaikyo; Torre do porto de Kobe; e panorama de Kobe vista do Monte Maya.
Bandeira de Kōbe
Bandeira
Brasão de armas de Kōbe
Brasão de armas
Localização de Kōbe
País  Japão
Província Hyogo
Área
 - Total 551 40 km²
População (2005)
 - Total 1,521,164
    • Densidade 2.759/km2 
Sítio www.city.kobe.jp

Kōbe ou Cobe1 (神戸市 kōbe - shi) é uma cidade japonesa localizada na província de Hyōgo.

Em 2005 a cidade tinha uma população estimada em 1.521.164 habitantes e uma densidade demográfica de 2.759 hab./km². Forma com as cidades de Osaka e Quioto (e respectivas regiões metropolitanas) uma aglomeração urbana de 17,4 milhões de habitantes.2

Recebeu o estatuto de cidade a 1 de Abril de 1889.

Kōbe é um importante centro econômico do país, e detém um dos maiores portos do Japão e do mundo, de onde saiu o primeiro navio com imigrantes para o Brasil. A cidade também é muito conhecida pelo seu próspero entorno urbano, cuja paisagem é realçada pelo Monte Rokko. Situa-se a aproximadamente três horas da capital japonesa, em um trajeto percorrido pelo "Trem-bala", o trem mais rápido do mundo.

Kōbe foi atingida por um terremoto de 7.2 graus na Escala Richter em 17 de janeiro de 1995, que ocasionou a destruição de muitas ruas, casas e edifícios.

Kōbe Shiko

Às 5h46min da manhã do dia 17 de janeiro de 1995, o terremoto da Região Sul da província de Hyōgo, o primeiro grande terremoto a atingir diretamente uma área urbana japonesa, causou danos sem precedentes na região de Hanshin-Awaji, em cidades como Kōbe, Awaji e outras.

O abalo que durou apenas 20 segundos vitimou 4 571 pessoas, deixou dois desaparecidos, 14 678 feridos e um grande saldo de destruição: 67 421 moradias, das quais 6 965 totalmente consumidas pelo fogo, principalmente em áreas onde se concentravam antigas casas de madeira, o que reduziu a elegante cidade portuária a meras pilhas de escombros e pedregulhos.

Além dos danos diretos, os moradores da cidade também sofreram um alto grau de danos indiretos, como um longo período de estadia nos abrigos temporários (máximo de 599 locais e 222 127 refugiados). A função educacional das escolas diminuiu devido ao horário reduzido das aulas e ao uso das instalações das escolas como local de refúgio e abrigo temporário.

Cidades-irmãseditar | editar código-fonte

Kobe é geminada com as seguintes cidades:3

Portos-irmãseditar | editar código-fonte

O Porto de Kobe faz cooperação com o porto das seguintes cidades:

Cidades-parceiraseditar | editar código-fonte

Além de 13 cidades-irmãs, Kobe há 3 cidades parceiras:

Galeriaeditar | editar código-fonte

Referências

  1. Castro Brandão, Fernando de. 1.ª República Portuguesa — Uma cronologia p. 119. "21 de Setembro de 1913 – (...) Decreto nomeando como Cônsul Geral em Cobe, Japão, o já titular do posto Venceslau de Morais."
  2. World Gazetteer – Welt: Ballungsräume
  3. Sister City, Friendly City, Friendship & Cooperation City (em Japanese). © 2007-2009 City of Kobe. Página visitada em 2009-07-14.
  4. Twin cities of Riga. Riga City Council. Página visitada em 2009-07-27.
  5. Barcelona internacional - Ciutats agermanades (em Spanish). © 2006-2009 Ajuntament de Barcelona. Página visitada em 2009-07-13.
  6. AUICK Associate Cities - Faisalabad
Província de Hyōgo
Cidades
Aioi | Akashi | Ako | Amagasaki | Asago | Ashiya | Awaji | Himeji | Itami | Kakogawa | Kasai | Kato | Kawanishi | Kōbe (Capital) | Miki | Minamiawaji | Nishinomiya | Nishiwaki | Ono | Sanda | Sasayama | Shiso | Sumoto | Takarazuka | Takasago | Tamba | Tatsuno | Toyooka | Yabu
Distritos
Ako | Ibo | Kako | Kanzaki | Kawabe | Mikata | Sayo | Shikama | Shiso | Taka







Creative Commons License