Luís Barbalho Moniz Fiúza

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Luís Barbalho Moniz Fiúza
Nascimento 25 de agosto de 1813
Santo Amaro
Morte 11 de setembro de 1866 (53 anos)
Nacionalidade  Brasileiro
Ocupação Magistrado, político

Luís Barbalho Muniz Fiúza Barreto de Meneses, primeiro e único barão do Bom Jardim (Santo Amaro, 25 de agosto de 1813 — ?, 11 de setembro de 1866), foi um magistrado e político brasileiro.

Formado em direito pela Faculdade de Olinda, seguiu carreira pública como deputado provincial e geral pela Bahia e como presidente provincial por Pernambuco, nomeado por carta imperial de 14 de julho de 1859, de 15 de outubro de 1859 a ? de 1860.

Filho de João Lopes Fiúza Barreto de Meneses Barbalho e de Teresa Eugênia de Meneses. Casou-se com sua prima Francisca de Assis Muniz Barreto.

Agraciado com o título de barão por decreto de 14 de março de 1860. Era oficial da Imperial Ordem da Rosa.

Ligações externaseditar | editar código-fonte


Precedido por
Pedro Francisco de Paula Cavalcanti e Albuquerque
Presidente da província de Pernambuco
1859 — 1860
Sucedido por
Ambrósio Leitão da Cunha


Ícone de esboço Este artigo sobre um político brasileiro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.







Creative Commons License