Manuel Lobo de Miranda Henriques

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Manuel Lobo de Miranda Henriques (n. ca. 1789/90 — Recife, 1856) foi um político brasileiro, provavelmente nascido na Paraíba, membro da família dos Miranda Henriques (por uma das suas bisavós paternas). Filho do sargento-mor Antonio Borges da Fonseca (sobrinho-neto do genealogista pernambucano) e da sua mulher d. Joaquina Filipa de Mello Albuquerque

Foi presidente das províncias de Alagoas, de 19 de maio de 1831 a 16 de novembro de 1832, do Rio Grande do Norte, de 23 de janeiro a 31 de julho de 1833, e da Paraíba por duas vezes, de 3 de março a 14 de abril de 1838 e de 17 de março a 7 de abril de 1839.

Casou com D. Ana Noberta da Silveira, filha do tenente-coronel Francisco José da Silveira, um dos revolucionários mortos na Revolução Pernambucana de 1817. Pais, entre outros, do jornalista e republicano Aristides Lobo.


Precedido por
Caetano Pinto de Miranda Montenegro
Presidente da província de Alagoas
18311832
Sucedido por
Antônio Pinto Chichorro da Gama
Precedido por
Manuel Pinto de Castro
Presidente da província do Rio Grande do Norte
1833
Sucedido por
Basílio Quaresma Torreão
Precedido por
Basílio Quaresma Torreão
Presidente da província da Paraíba
1838
Sucedido por
Joaquim Teixeira Peixoto de Albuquerque
Precedido por
João José de Moura Magalhães
Presidente da província da Paraíba
1839
Sucedido por
Trajano Alípio de Holanda Chacon Cavalcanti de Albuquerque


Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.







Creative Commons License