Monte de São Félix

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou se(c)ção cita uma ou mais fontes fiáveis e independentes, mas ela(s) não cobre(m) todo o texto (desde Novembro de 2012).
Por favor, melhore este artigo providenciando mais fontes fiáveis e independentes e inserindo-as em notas de rodapé ou no corpo do texto, conforme o livro de estilo.
Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Início do Escadório de São Félix.
Monte de São Félix visto de campos de milho em Laúndos.

O monte de São Félix (202 metros) é o monte mais alto do município da Póvoa de Varzim em Portugal. O Monte de São Félix é um monte religioso de culto ancestral, e no sopé do monte acontece uma das maiores manifestações de cariz religioso da Póvoa de Varzim, a Peregrinação Arciprestal a Nossa Senhora da Saúde, que junta trinta mil devotos.1

O monte situa-se na freguesia de Laundos, na sequência da Serra de Rates, onde dominam os xistos; apesar da sua altura modesta, destaca-se na paisagem por ser uma elevação em frente a uma planície litoral. No Monte de São Félix nasce o Rio Alto que desagua na freguesia da Estela, precisamente na Praia do Rio Alto.

Religiãoeditar | editar código-fonte

Monte de São Félix, tal como é visto da Cidade, pela Avenida do Mar.

O povo acredita que neste monte viveu outrora São Félix (o eremita), responsável por ter encontrado o corpo de São Pedro de Rates, primeiro bispo de Braga, que terá dado origem à igreja de São Pedro de Rates e justificado a primazia de Braga, em termos religiosos, na Península Ibérica.

O monte possui vários elementos religiosos, com o Santuário da Senhora da Saúde no sopé e a Capela de São Félix no cume, ligadas por um escadório ajardinado pela encosta do monte, quando cai a noite, o escadório é iluminado, o que é facilmente visível a partir da cidade, aumentando assim o carácter religioso do monte e sua presença na comunidade. Existe ainda a pequena Capela da Senhora da Saúde na parte baixa da clivada Avenida Senhora da Saúde, que termina no santuário no alto da avenida.

O Santuário da Senhora da Saúde tem origem numa pequena capela construída no início do século XIX, ampliada no fim desse século para o aspecto que tem hoje. O monte é um ponto de referência dos pescadores no mar. No último Domingo de Maio, ocorre a maior romaria da Póvoa de Varzim, a Romaria da Senhora da Saúde, que junta 30 mil devotos, movendo os pescadores da Póvoa de Varzim e Vila do Conde, mas também os camponeses. A romaria percorre uma distância de mais de 7 quilómetros entre a Igreja Matriz da Póvoa de Varzim e o Santuário da Nossa Senhora da Saúde, no sopé do Monte de São Félix.

Cultura castrejaeditar | editar código-fonte

Encontra-se no monte as ruínas do Castro de Laundos, povoado do século II a.C., possivelmente um posto avançado da Cividade de Terroso. No Monte de São Félix foi achado, em 1904, um púcaro com jóias dentro, um dos mais importantes achados para a história da joalharia no Nordeste Peninsular, este púcaro e jóias tinham motivações fúnebres.

Turismoeditar | editar código-fonte

O São Félix possui uma vista panorâmica sobre a cidade e as suas praias, encontrando-se no topo do monte o miradouro virado para a Planície Litoral e a cidade. Se bem que as vistas para o vale de Rates sejam também bastante expressivas. Alguns dos tradicionais moinhos foram convertidos em residências de férias. Numa das encostas encontra-se a Estalagem de São Félix.

Referências








Creative Commons License