Nippon Telegraph and Telephone

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Nippon Telegraph and Telephone
Tipo Sociedade anônima
TYO: 9432
NYSE: NTT
LSE: NPN
Indústria Telecomunicações
Fundação 1985
Fundador(es) Norio Wada
Sede Ōtemachi, Chiyoda, Tóquio,  Japão
Pessoas-chave Norio Wada(diretor)
Satoshi Miura(presidente e CEO)
Empregados 193.850 (2008)
Receita ¥10.680,9 bilhões (2008)
US$106.289 bilhões (2009)
Lucro ¥1.304,6 bilhões (2008)
US$11.324 bilhões (2009)
Renda líquida ¥635,2 bilhões (2008)
US$5.497 bilhões (2009)
Página oficial NTT.co.jp

A Nippon Telegraph and Telephone Corporation (日本電信電話株式会社, Nippon Denshin Denwa Kabushikigaisha?), conhecida como NTT, é uma empresa telefônica que domina o mercado de telecomunicações do Japão. Classificado na 31ª posição no ranking da Fortune Global 500, a NTT é a maior companhia de telecomunicações da Ásia, e a segunda maior do mundo em termos de receita.

Embora a NTT esteja listada nas bolsas de valores de Tóquio, Nova Iorque e Londres, o governo japonês ainda é o detentor de quase um terço das ações da NTT, regidas pela Lei NTT, que diz respeito à Nippon Telegraph and Telephone Corporation.1

Históriaeditar | editar código-fonte

NTT foi fundada como uma corporação de propriedade do governo em 1953.

Fundada como uma companhia governamental monopolista em 1953, Nippon Telegraph and Telephone Public Corporation (日本電信電話公社, Nippon Denshin Denwa Kōsha?), a companhia foi privatizada em 1985 para encorajar a competição no mercado de telecomunicações. Em 1987, a NTT fez a maior oferta pública inicial da história até então, em US$15,30 bilhões.2

Como a NTT é dona da maior parte da última milha, ela goza de controle oligopolista sobre as linhas terrestres do Japão. Em 1999, para debilitar a NTT, a companhia foi dividida em uma companhia de holding (NTT) e em outras três companhias de telecomunicação (NTT East, NTT West, e NTT Communications). A Lei NTT que regulamenta a NTT East e West exige que estas prestem serviço apenas para comunicações a curta distância e as obriga a manter serviço telefônico em todo o país. Elas também são obrigadas a alugar seus fios de fibra ótica (fibra escura) a outras provedoras por taxas reguladas. A NTT Communications não é regida pela Lei NTT.

Em julho de 2010, a NTT e a companhia sul-africana de TI Dimension Data Holdings anunciaram um acordo para uma oferta em dinheiro da NTT para todo o capital compartilhado da Dimension Data, em £2.12 bilhões (US$3.24 bilhões).3

Subsidiáriaseditar | editar código-fonte

O Grupo NTT consiste nas seguintes principais companhias, divididas em cinco segmentos: NTT East, NTT West, NTT Communications, NTT DoCoMo, e NTT Data são as principais subsidiárias. NTT DoCoMo e NTT Data estão listadas nos mercados de bolsas de valores.

Regionaleditar | editar código-fonte

À longa distância e internacionaleditar | editar código-fonte

Mobileeditar | editar código-fonte

  • NTT DoCoMo

Dados (sistema de integração)editar | editar código-fonte

Segurança de informaçõeseditar | editar código-fonte

  • Integralis4

Outras áreaseditar | editar código-fonte

Laboratórios de pesquisa e desenvolvimentoeditar | editar código-fonte

  • Cyber Communications Laboratory Group (Grupo de Cibercomounicações)
    • Cyber Solutions Laboratories (Yokosuka)
    • Cyber Space Laboratories (Yokosuka)
  • Information Sharing Laboratory Group (Grupo de Compartilhamento de Informações)
    • Service Integration Laboratories (Musashino)
    • Information Sharing Platform Laboratories (Musashino)
    • Network Service Systems Laboratories (Musashino e Makuhari)
    • Access Network Service Systems Laboratories (Tsukuba, Yokosuka e Makuhari)
    • Energy and Environment Systems Laboratories (Atsugi)
  • Science and Core Technology Laboratory Group (Grupo de Ciências e Tecnologia)
    • Network Innovation Laboratories (Yokosuka)
    • Microsystem Integration Laboratories (Atsugi)
    • Photonics Laboratories (Atsugi)
    • Communication Science Laboratories (Keihanna)
    • Basic Research Laboratories (Atsugi)

Patrocínioeditar | editar código-fonte

Referências

  1. English translation of the "Law Concerning Nippon Telegraph and Telephone Corporation, Etc.".
  2. World's Largest IPOs: Stocks (em inglês). Bloomberg Visual Data: Bloomberg Best (and Worst). Bloomberg. Página visitada em 5 de setembro de 2013.
  3. NTT buys South Africa's Dimension Data. BBC News (14 de julho de 2010). Página visitada em 14 de julho de 2010.
  4. Integralis.

Ligações externaseditar | editar código-fonte








Creative Commons License