Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Small Flag of the United Nations ZP.svg Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura
Emblema da FAO com o seu lema latino, Fiat Panis ("Seja feito o pão")
Tipo Agência especializada
Acrônimo FAO
Comando Brasil José Graziano
Status ativa
Fundação 16 de Outubro de 1945
Sede Roma,  Itália
Website www.fao.org

Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (ONUAA do francês Organisation des Nations unies pour l'alimentation et l'agriculture; FAO, sigla de Food and Agriculture Organization) é uma organização das Nações Unidas cujo objetivo é aumentar a capacidade da comunidade internacional para de forma eficaz e coordenada, promover o suporte adequado e sustentável para a Segurança Alimentar e Nutrição global. Para isso, realiza programas de melhoria da eficiência na produção, elaboração, comercialização e distribuição de alimentos e produtos agropecuários, além de projetos que contribuam para a redução da pobreza rural e o crescimento econômico global.

Também é missão deste organismo preparar as nações em desenvolvimento para fazer frente a situações de emergência alimentar. Em certos casos, também presta socorro a populações famélicas (em situção de fome).

A FAO promove investimentos, conhecimento e informação na agricultura e áreas relacionadas, além de contribuir para o aperfeiçoamento da produção agrícola e da criação de gado e a transferência de tecnologia aos países em desenvolvimento. Também fomenta a conservação dos recursos naturais, estimulando o desenvolvimento da pesca, piscicultura, a proteção dos ecosistemas florestais e as fontes de energia renováveis.

De acordo com a própria FAO, suas principais atividades são:

  • Desenvolver assistência para países subdesenvolvidos e desenvolvidos;
  • Promover o conhecimento e a informação sobre nutrição,alimentação, agricultura, silvicultura e pesca, e assuntos correlatos;
  • Aconselhamento a governos
  • Servir como um fórum neutro para discutir e formular políticas nos principais assuntos relacionados a agricultura e alimentação

A FAO foi fundada em 16 de Outubro de 1945,1 em Quebeque, Canadá.2 Em 1951, sua sede foi transferida para Roma, por iniciativa do governo italiano, que teria investido quatro milhões de dólares na construção da nova sede.3 Em 2000, tinha 181 membros (180 países e a União Europeia).

Históriaeditar | editar código-fonte

A ideia de uma organização internacional para a alimentação e a agricultura surgiu no final do século 19 e início do século 20, partindo, primeiramente, do agricultor e ativista norte-americano David Lubin. Em maio e junho de 1905, uma conferência internacional foi realizada em Roma, Itália, a qual levou à criação do Instituto Internacional de Agricultura.

Mais tarde, em 1943, o então presidente dos Estados Unidos Franklin D. Roosevelt apelou para uma Conferência das Nações Unidas para a Alimentação e Agricultura. Representantes de quarenta e quatro governos se reuniram no Homestead Resort em Hot Springs, Virgínia, de 18 maio a 3 junho do mesmo ano. Comprometeram-se a fundar uma organização permanente para a alimentação e agricultura, o que aconteceu na cidade de Quebec, Canadá, no dia 16 de outubro de 1945, com a conclusão da Constituição da Organização para a Alimentação e Agricultura (FAO). A Primeira Sessão da Conferência da FAO foi realizada no Chateau Frontenac em Quebec, Canadá, de 16 de outubro a 1º de novembro de 1945.

A Segunda Guerra Mundial fechou efetivamente o Instituto Internacional de Agricultura, embora só tenha sido oficialmente dissolvido por resolução do seu Comitê Permanente em 27 de fevereiro de 1948. Suas funções foram então transferidas para a recém criada FAO.

Áreas de trabalho prioritáriaseditar | editar código-fonte

Para o próximo biênio, FAO determinou as seguintes prioridades em sua luta contra a fome: 4

  • Ajudar a eliminar a fome, a insegurança alimentar e a má nutrição – Nós contribuímos para a erradicação da fome facilitanto políticas e compromissos políticos em prol da segurança alimentar e assegurando que informações atualizadas sobre os desafios e soluções da fome e nutrição estejam disponíveis e acessíveis.
  • Tornar a agricultura, a silvicultura e a pesca mais produtivas e sustentáveis – Nós promovemos práticas e políticas baseadas em evidências para apoiar setores agrícolas altamente produtivos (lavouras, pecuária, silvicultura e pesca), assegurando que a base dos recursos naturais não sofra no processo.
  • Reduzir a pobreza rural – Nós ajudamos as populações rurais pobres a terem acesso aos recursos e serviços de que necessitam – incluindo emprego rural e proteção social – para abrir-lhes um caminho fora da pobreza.
  • Permitir sistemas agrícolas e alimentares mais inclusivos e eficientes - Nós ajudamos a construir sistemas alimentares seguros e eficientes que apoiam a agricultura familiar e reduzem a pobreza e a fome nas áreas rurais.
  • Aumentar a resiliência dos meios de subsistência em caso de catástrofes – Nós ajudamos os países a se prepararem para catástrofes naturais ou de origem humana, reduzindo o risco e aumentando a resiliência dos seus sistemas agrícolas e alimentares.

Estrutura e Finançaseditar | editar código-fonte

A Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura é dirigida pela Conferência das Nações-Membros, que se reúne a cada dois anos para rever o trabalho realizado pela organização e aprovar um programa de trabalho e orçamento para o próximo período de dois anos. A Conferência elegeu um conselho de 49 Estados-Membros (mandatos rotativos de três anos) que atua como um órgão interino, e o Diretor-Geral, que dirige a agência.

Orçamentoeditar | editar código-fonte

O orçamento do programa regular da FAO é financiado pelos seus membros, através de contribuições definidas na Conferência da FAO. Este orçamento cobre o trabalho técnico principal, cooperação e parcerias, incluindo o Programa de Cooperação Técnica, intercâmbio de conhecimentos, políticas e promoção (advocacy), direção e administração, governança e segurança.

Diretores Geraiseditar | editar código-fonte

Diretores Gerais Adjuntoseditar | editar código-fonte

Sede Mundialeditar | editar código-fonte

A sede mundial está localizada em Roma, na antiga sede do Departamento da África Oriental Italiana. Uma das características mais notáveis do edifício foi o Obelisco de Axum, que ficou na frente da sede da agência, embora fora do território atribuído a FAO pelo Governo italiano. Ele foi levado da Etiópia pelas tropas de Benito Mussolini em 1937, como uma caixa de guerra, e retornou em 18 de abril de 2005.

Escritórios Regionaiseditar | editar código-fonte

Escritórios Sub-Regionaiseditar | editar código-fonte

Escritórios de Ligaçãoeditar | editar código-fonte

Membroseditar | editar código-fonte




Referências

  1. Organização das Nações Unidas (ONU) (em português). Brasil. Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome. Página visitada em 18 de setembro de 2010.
  2. O que é (em português). Biblioteca Virtual de Direitos Humanos. Universidade de São Paulo (USP). Página visitada em 18 de setembro de 2010.
  3. Gaggiottini, Henry. (11 de junho de 1950). "Italy to spend 4 million on FAO headquarters" (em inglês). Chicago Daily Tribune: 19.
  4. O que nós fazemos (em inglês) http://www.fao.org/about/what-we-do/en/

Ver tambémeditar | editar código-fonte

Ligações externaseditar | editar código-fonte

Ícone de esboço Este artigo sobre a ONU é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.







Creative Commons License