Oriximiná

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Município de Oriximiná
Bandeira de Oriximiná
Brasão de Oriximiná
Bandeira Brasão
Hino
Fundação 09 de Junho de 18941
Gentílico oriximinaense1
Prefeito(a) Luiz Gonzaga Viana Filho (PV)
(2013–2016)
Localização
Localização de Oriximiná
Localização de Oriximiná no Pará
Oriximiná está localizado em: Brasil
Oriximiná
Localização de Oriximiná no Brasil
01° 45' 57" S 55° 51' 57" O01° 45' 57" S 55° 51' 57" O
Unidade federativa  Pará
Mesorregião Baixo Amazonas IBGE/2008 2
Microrregião Óbidos IBGE/2008 2
Municípios limítrofes Óbidos, Faro, Terra Santa e Juruti.
Distância até a capital 818,465 km
Características geográficas
Área 107 602,992 km² (BR: 4º)3
População 66 821 hab. IBGE/20134
Densidade 0,62 hab./km²
Altitude 46 m
Clima Equatorial (Am)
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,623 médio PNUD/20105
PIB R$ 980 970,142 mil IBGE/20086
PIB per capita R$ 16 982,09 IBGE/20086
Página oficial

Oriximiná é um município brasileiro do estado do Pará. Localiza-se a uma latitude 01º45'56" sul e a uma longitude 55º51'58" oeste, estando a uma altitude de 46 metros. Sua população estimada em 2010 era de 62 963 habitantes. Possuí uma extensão territorial maior que a de países como Portugal, Dinamarca e Coréia do Sul.

Na cidade situa-se a Unidade Avançada José Veríssimo – UAJV, pertencente a Universidade Federal Fluminense (UFF), que tem como objetivo principal desenvolver atividades de extensão, ensino e pesquisa.7

Históriaeditar | editar código-fonte

O desbravamento, em 1877, foi feito pelo padre José Nicolino de Sousa, nascido em Faro, onde fundou uma povoação, denominando-a Uruã-Tapera ou Mura-Tapera que, através da Lei nº 1.288, de 11 de dezembro de 1886, foi elevada à categoria de freguesia, com o nome de Santo Antônio do Uruá-Tapera, pelo Dr. Joaquim da Costa Barradas, presidente da então província do Pará e desembargador do Maranhão. O nome Oriximiná é de origem indígena, de procedência tupi, que significa “o macho da abelha”, o zangão. No entanto, frei Protásio Frinckel, conhecedor da região e de seus diversos núcleos de habitantes primitivos, inclina-se pela derivação de Eruzu-M'Na que significa “muitas praias”.

É o segundo maior município do Estado do Pará, possui uma área de 107.604,4 km², só superado pelo município de Altamira (161.445,91 km²) em extensão territorial.

Patrimônio naturaleditar | editar código-fonte

  • Área Indigena Nhamundá-Mapuera, abrangendo os municípios de Oriximiná e Faro, com 8.454 km².
  • Área Indígena Trombetas-Mapuera, contígua a Área Nhamundá-Mapuera, com superfície de 39.704,18 km² e um perímetro de 1.562 km, abrangendo os municípios de Urucará e Nhamundá, no Estado do Amazonas; *Oriximiná e Faro, no Estado do Pará; Caroebe e São João da Baliza, no Estado de Roraima.
  • Parque Nacional Indígena de Tumucumaque, com 27.000 km², abrangendo os municípios de Oriximiná, Almerim, Monte Alegre e Óbidos.
  • Reserva Biológica do Trombetas, 3.850 km².

Acidentes geográficoseditar | editar código-fonte

Rios: Trombetas (que banha a sede do município pelo lado esquerdo), Erepecuru (importante afluente pela margem esquerda e que serve de limite natural com o município de Óbidos), Acapú, Erepecurú, Cachorro, Mapuera, Nhamundá (que serve de limite natural para fronteira do Estado do Pará com Estado do Amazonas) e o Cachoeiri.

Lagos: Sapucuá, Paru, Iripixi, Caipuru, Abuí, Maria-Pixí, Salgado, Ururiá e Batata. (Sendo estes alguns dos mais importantes, tendo por base sua extensão, volume de água, acesso e navegabilidade e expressão econômica).

Cachoeiras: Porteira (com grande potencial hidrico), Chuvisco e Ventilado (com grande potencial turístico), Pancada, Vira-Mundo e São Pedro. Vale destacar as cachoeiras do Jatuarana, com relativa proximidade da sede do município e as cachoeiras da região do Jamaracarú.

Transporteseditar | editar código-fonte

Oriximiná é servida pelo Aeroporto de Oriximiná, localizado a 8 km do centro de Oriximiná. O Aeroporto de Porto Trombetas, na localidade de Porto Trombetas, serve à população que reside e trabalha para a Mineração Rio do Norte S/A. Vale ressaltar que hoje o transporte fluvial é o mais procurado pelos usuários, seguido do terreste pela PA 254 e o aereoporto esta sem companhia aérea, tendo somente voos particulares.

Unidade Avançada José Veríssimo (UAJV)editar | editar código-fonte

A UAJV (Unidade Avançada José Veríssimo), que pertence a Universidade Federal Fluminense (UFF), está na cidade de Oriximiná desde o ano de 1975, após se estabelecer primeiramente na cidade de Óbidos dois anos antes.8

É a única unidade de uma universidade do sudeste brasileiro em funcionamento no norte do Brasil.8

A unidade tem como objetivo principal desenvolver atividades de extensão, ensino e pesquisa. Atualmente, são desenvolvidas as seguintes atividades: gerenciamento de um hospital público local, atuação preventiva na área de saúde, programas de educação esportiva, assessoramento às comunidades na área de meio ambiente, implantação de sistemas agroflorestais.9

Referências

  1. a b Oriximiná (PDF). IBGE. Página visitada em 26/04/2011.
  2. a b Divisão Territorial do Brasil. Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (1 de julho de 2008). Página visitada em 11 de outubro de 2008.
  3. IBGE (10 out. 2002). Área territorial oficial. Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Página visitada em 5 dez. 2010.
  4. Estimativa Populacional 2013 (PDF). Censo Populacional 2013. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (1º de julho de 2013). Página visitada em 29 de agosto de 2012.
  5. Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil. Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) (2010). Página visitada em 21 de setembro de 2013.
  6. a b Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Página visitada em 11 dez. 2010.
  7. proex.uff.br/ Oriximiná - Unidade Avançada José Veríssimo
  8. a b espocabode.com.br/ UFF: 40 Anos de Oriximiná
  9. inpeau.ufsc.br A Interiorização na Universidade Federal Fluminense: Uma Vocação e em Desafio - Por Esther Hermes Lück

Ligações externaseditar | editar código-fonte

Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado do Pará é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.







Creative Commons License