Otávio Marcondes Ferraz

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Octávio Marcondes Ferraz (São Paulo, 23 de novembro de 1896 - São Paulo, 8 de fevereiro de 1990) foi um engenheiro eletricista e político brasileiro.

Comandou o Ministério dos Transportes, entre 6 de abril e 14 de novembro de 1955, no governo de Café Filho.

Diretor técnico da Chesf, foi o coordenador da construção da usina de Paulo Afonso, que teve início em 1949, com recursos do governo federal e empréstimo de 15 milhões de dólares do Banco Mundial (Bird) para a compra dos equipamentos de geração e transmissão.


Precedido por
Rodrigo Otávio Jordão Ramos
Ministro dos Transportes do Brasil
1955
Sucedido por
Lucas Lopes



Ícone de esboço Este artigo sobre um político é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.







Creative Commons License