Pará de Minas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Município de Pará de Minas
"Pará"
"Patafufo"
Vista parcial da cidade

Vista parcial da cidade
Bandeira de Pará de Minas
Brasão de Pará de Minas
Bandeira Brasão
Hino
Aniversário 20 de setembro
Fundação 20 de setembro de 1859 (154 anos)
Gentílico paraminense
Lema Na fé e no trabalho/ Fé, ação e progresso
Padroeiro(a) Nossa Senhora da Piedade
Prefeito(a) Antônio Júlio de Faria (PMDB)
(2013–2016)
Localização
Localização de Pará de Minas
Localização de Pará de Minas em Minas Gerais
Pará de Minas está localizado em: Brasil
Pará de Minas
Localização de Pará de Minas no Brasil
19° 51' 36" S 44° 36' 28" O19° 51' 36" S 44° 36' 28" O
Unidade federativa  Minas Gerais
Mesorregião Metropolitana de Belo Horizonte IBGE/20081
Microrregião Pará de Minas IBGE/20081
Municípios limítrofes Onça de Pitangui, São José da Varginha, Esmeraldas, Florestal, Mateus Leme, Itaúna, Igaratinga, Conceição do Pará2
Distância até a capital 73 km
Características geográficas
Área 551 km² 3
População 89 418 hab. Estimativa IBGE/20134
Densidade 155,9 hab/km²
Altitude 788 m m
Clima Tropical Cwa
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,811 muito alto PNUD/20005
PIB R$ 1,348,008,000 mil IBGE/20086
PIB per capita R$ 19 333,45 IBGE/20086
Página oficial
Prefeitura Página oficial

Pará de Minas é um município brasileiro do interior do estado de Minas Gerais, a cidade faz parte da Mesorregião Metropolitana de Belo Horizonte. Com uma população de 89.418 habitantes4 e uma área de 551 km² é a terceira maior cidade do Colar Metropolitano de Belo Horizonte, a distância a capital Belo Horizonte é de 73 km.

A cidade de destaca como a capital do frango e do suíno porque apresenta grande produção desses animais. "Pará" é um termo tupi que significa "rio grande",7 o restante da designação "de Minas" é apenas aditivo para diferenciar do estado do Pará.8

Históriaeditar | editar código-fonte

Vista do Cristo Redentor da cidade.

Até a chegada dos primeiros exploradores de origem europeia, no século XVI, todo o território do atual estado de Minas Gerais era habitado por índios falantes de línguas do tronco macro-jê.9

Em fins do século XVI, havia várias bandeiras paulistas na região de Pitangui para buscar ouro das minas e escravos índios. As trilhas das bandeiras paulistas se formaram por toda a região e, ao longo de uma dessas trilhas, se formou um povoado onde havia um ponto de pouso, situado às margens do Ribeirão Paciência, que fazia parte do roteiro dos bandeirantes. Muitos resolveram ficar nesse povoado e se dedicar ao trato da terra e à criação. Dentre os que ficaram no povoado, estava o português Manuel Batista, apelidado de Pato Fofo. Ele se estabeleceu em uma fazenda e ali levantou uma capela dedicada a Nossa Senhora da Piedade. Por causa de seu apelido, o lugar passou a se chamar Arraial do Patafofo.

A capela foi elevada a paróquia em 8 de abril de 1846, ficando em poder de Pitangui. Dois anos depois, em 9 de outubro de 1848, o Arraial do Patafufo passou à categoria de vila, mas, em 1850, a vila foi suprimida por não satisfazer as condições impostas pela lei anterior.

A restauração ocorreu oito anos depois, e em 8 de junho de 1858, recebeu a denominação de Vila do Pará. A instalação ocorreu em 20 de setembro de 1859, data de fundação do Município.

Novamente o município foi suprimido, e em 15 de julho de 1872, foi incorporado seu território a Pitangui. Restabeleceu-o porém, em 23 de dezembro de 1874,por meio da Lei Provincial Nº 2.081, quando se criou novamente o Município do Pará. A reinstalação ocorreu a 25 de março de 1876.

A Vila do Pará foi elevada à categoria de cidade pela Lei Provincial Nº 2.416, de 5 de novembro de 1877.

Subdivisõeseditar | editar código-fonte

Pará de Minas é dividida em sete distritos: Pará de Minas (Distrito Sede), Córrego do Barro, Carioca, Ascensão, Torneiros e Tavares de Minas, Bom Jesus do Pará.

Demografiaeditar | editar código-fonte

Modelo de rua da cidade.

A cidade vislumbra um grande crescimento demográfico. Este desenvolvimento se verifica pela enorme procura pela cidade, uma vez que a mesma possui grande quantidade de emprego, muitas escolas e uma grande infraestrutura da saúde. Suas grandes indústrias e a proximidade com Belo Horizonte faz com que Pará de Minas se destaque em crescimento demográfico e IDH.

Desde da década de 1970 a população na cidade vem crescendo rapidamente, e o crescimento rápido da população trouxe vários problemas como a falta de planejamento do centro da cidade que todos os dias o trânsito fica caótico, que pela falta de ruas e avenidas mais amplas e modernas deixa a cidade com um dos trânsitos mais caóticos da região.

Índice de Desenvolvimento Humanoeditar | editar código-fonte

O Índice de Desenvolvimento Humano, criado por Mahbub ul Haq com a colaboração do economista indiano Amartya Sen, mede o desenvolvimento de uma sociedade não apenas pela dimensão econômica, mas também por meio de outras características sociais, culturais e políticas que influenciam a qualidade da vida humana. O IDH pretende ser uma medida geral, sintética, do desenvolvimento humano. Não abrange todos os aspectos de desenvolvimento e não é uma representação da "felicidade" das pessoas, nem indica "o melhor lugar no mundo para se viver".

Além de computar o PIB per capita, depois de corrigi-lo pelo poder de compra da moeda de cada país, o IDH também leva em conta dois outros componentes: a longevidade e a educação. Para aferir a longevidade, o indicador utiliza números de expectativa de vida ao nascer. O item educação é avaliado pelo índice de analfabetismo e pela taxa de matrícula em todos os níveis de ensino.

No período 1960-1999, o Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDH-M) de Pará de Minas cresceu 11,40%, passando de 0,728 em 1991 para 0,811 em 2000. O IDHM-Educação subiu de 0,785 para 0,883, enquanto o IDHM-Renda subiu de 0,659 para 0,72 e o IDHM-Longevidade de 0,74 para 0,829.

Com 800,5% de crescimento, a Educação foi o componente do IDH-M que mais cresceu no período. Logo em seguida veio a Longevidade com 35,9% de aumento e a Renda com 24,6%.

Segundo a classificação do PNUD, o município está entre as regiões consideradas de alto desenvolvimento humano (IDH maior que 0,85).

Economiaeditar | editar código-fonte

No setor econômico, o município se destaca no seguinte segmento da produção agropecuária e agronegócios: exerce grande influência na economia local. O setor primário se sobressai pela significativa produção de aves e suínos e pela produção de leite e seus derivados. Segundo dados do IBGE, o total de geração de renda de Pará de Minas totalizou R$ 1.725.886,45 no ano de 2011. Com uma população de 85.076, a renda per capita do municipio encerrou o ano de 2011 em R$ 20.286,41. No ranking de cidades mineiras, o PIB do municipio é o 36° maior do estado e a renda per capita, a 117° maior.

Pará de Minas é a 1ª cidade do Estado de Minas Gerais na produção de frangos, a 2ª na produção de suínos e a 4ª cidade produtora de hortifrutigranjeiros, com destaque para a produção de tomate, pimentão e abóbora.

Setor Industrialeditar | editar código-fonte

No setor industrial, se destaca as indústrias têxteis, laticínios, cerâmicas, mineração (agalmatolito), siderurgia (ferro gusa e fundição). Na cidade estão instaladas mais de 45 indústrias. O Distrito Industrial está localizado às margens da BR-262, entre a Itambé Laticínios e Sumidenso. O Distrito é dividido em 12 lotes.

Comércio exterioreditar | editar código-fonte

De acordo com o Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Pará de Minas apresentou uma corrente de comércio (importação + exportação) no valor de US$ 81,5 milhões no ano de 2007. O total exportado em 2007 alcançou a cifra de US$ 69,1 milhões, aproximadamente 35,1% superior ao valor exportado em 2006. O total de importações aumentou 10,9% em relação a 2006 e alcançou a marca de US$ 259,1 milhões. Pará de Minas contribui com US$ 56,7 milhões para o saldo da balança comercial brasileira no ano passado. Essa forte dependência em um único produto não é positiva uma vez que flutuações na demanda ou no preço internacional do minério de ferro podem causar sérios danos no desempenho global da balança comercial do município com consequências no mercado de trabalho local. Uma alternativa seria o desenvolvimento de uma plano municipal que aponte os setores com potencial de exportação, disponibilize informações e qualifique os empreendedores e mão de obra com o objetivo de diversificar a pauta de exportações do município.

Parque de exposiçõeseditar | editar código-fonte

Pará de Minas conta com um Parque de Exposições classificado como um dos melhores de Minas Gerais. Com grandes exposições de agropécuaria e de frangos e suínos. Dentre as principais festas realizadas no parque, são elas: Expô Pará (em maio) e Festa do Frango e do Suíno (em setembro).

Educaçãoeditar | editar código-fonte

Escola Estadual Fernando Otávio.

O quadro do ensino municipal em 2005 apresenta os mesmos desafios encontrados no Brasil em geral. Baixa porcentagem de crianças menores de 6 anos matriculadas na escola e grande defasagem entre o número de alunos matriculados no ensino fundamental e ensino médio são problemas nacionais que o município não superou.

Modalidade de Ensino Alunos Matriculados
Educação Infantil (0 a 3 anos) 1.006
Pré-Escola (4 a 6 anos) 7.479
Ensino Fundamental 16.564
Ensino Médio 5.578
Ensino Superior 2.751
Total 33.378

A tabela acima, porém, não é suficiente para identificar os problemas de qualidade na educação municipal. A pesquisa de avaliação do rendimento escolar realizada pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP) contém dados sobre a qualidade de ensino no município. A Prova Brasil foi realizada em 5.398 municípios de todas as unidades da Federação, avaliando 3.306.378 alunos de 4ª e 9ª séries do ensino fundamental. Em Pará de Minas, 2.485 alunos da 8ª série da rede estadual e municipal de ensino foram avaliados. Os dados podem auxiliar os governantes nas decisões e no direcionamento de recursos técnicos e financeiros.

Médias Comparadas (8ª série) Brasil Minas Gerais Pará de Minas
Língua Portuguesa 76% 80% 85%
Matemática 78% 84% 92%
Indicadores Educacionais (8ª série) Brasil Minas Gerais Pará de Minas
Aprovação 76,7% 80,2% 87,3%
Reprovação 11,2% 09,2% 04,9%
Abandono 12,1% 10,6% 07,8%

Em agosto de 2007, dezenas de estudantes paraminenses que já haviam terminado o ensino médio (egressos) e que estavam terminando (concluintes) voluntariamente participaram do Enem. O exame tem 63 questões de múltipla escolha sobre o ensino e médio e uma redação. De acordo com o INEP, órgão vinculado ao Ministério da Educação (MEC), o desempenho dos estudantes de Pará de Minas ficou acima da média nacional e estadual. O melhor desempenho geral foi obtido pelo Colégio Sagrado Coração de Maria. Dentre as escolas públicas, a Escola Estadual Fernando Otávio registrou a maior média.

Notas Médias do Enem em 2007 Brasil Minas Gerais Pará de Minas Col Sagrado Cor Maria EE Fernando Otávio EE N SRA Auxiliadora EE Manuel Batista
Média da Prova Objetiva 71% 78% 86% 94% 91% 81% 84%
Média Total (redação e prova objetiva) 70% 74% 78% 86% 83% 76% 82%

Educação ambientaleditar | editar código-fonte

O Projeto Verde Mais em Nossa Cidade, lançado em maio de 1997, consiste em presentear a cada nova mãe com uma muda de árvore para que seja plantada e cuidada permanentemente. O projeto é monitorado pelas escolas, em parceria com a Maternidade local e o Instituto Estadual de Florestas (IEF). O projeto proporciona às crianças a oportunidade de acompanhar o desenvolvimento de uma árvore juntamente com o seu; conscientiza as famílias sobre a importância de preservar área verde urbana e rural; incentiva a criação de espaço público arborizado, podendo resultar numa área de lazer e educação ambiental para a região.

Depois de ser destaque em três conferências internacionais sobre o meio ambiente, o modelo já é seguido por outras cidades brasileiras e países como Estados Unidos, Noruega, Japão e Inglaterra. carece de fontes?

Universidades e faculdadeseditar | editar código-fonte

  • Faculdade de Pará de Minas (Fapam)
  • Universidade Vale do Rio Verde (UninCor) - Campus

Geografiaeditar | editar código-fonte

Rua Benedito Valadares, também conhecida como Rua Direita.
Rua Benedito Valadares, também conhecida como Rua Direita.
Praça Melo Viana, também localizada no centro da cidade.
Praça Melo Viana, também localizada no centro da cidade.

Climaeditar | editar código-fonte

O clima na cidade varia muito conforme o mês, o mês mais frio é julho e o mais quente é fevereiro, a maior temperatura registrada na cidade foi 36.9°C e a menor foi de -2.0°C e a média pluviométrica anual é de 1200 mm, geadas não são muito comuns na cidades mas ocorre pelo menos 5 vezes no ano no bairro Serra das Piteiras e na Serra das Torres, o bairro mais frio da cidade é o Papa João Paulo perto do Parque de exposições, em madrugadas de inverno a temperatura chega facilmente aos 5°C, o bairro mais quente é o centro pela grande urbanização.

As serras principalmente a das Piteiras e das Torres funcionam como um muro que barra os ventos gelados de penetrar na região central da cidade, tanto funcionam que o São José que é o bairro mais alto da cidade não é o mais frio. Os meses de maio à setembro são muito secos e a umidade relativa do ar pode variar entre 8% e 70% sendo esses índices muito baixos, os meses mais chuvosos são novembro, dezembro e janeiro. As típicas tempestades de verão ocorrem principalmente nos meses de outubro, novembro e fevereiro sendo que os dois primeiros meses não estão no verão.

Infraestruturaeditar | editar código-fonte

Abastecimento de águaeditar | editar código-fonte

O abastecimento de água fica a cargo da Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa). Atualmente, a cidade gasta cerca de 20 milhões de metros cúbicos de água por dia. A estação de tratamento da cidade apresenta capacidade de 240 l/s, para a distribuição de água em áreas mais altas da cidade e baixas foram instaladas vários boosters para atender a parte da região.10 A coleta de esgotos da cidade está disponível a 93,94% da população.10

As obras para despoluição e canalização do Ribeirão Paciência iniciadas no ano 2001 foram finalizadas no ano de 2009.11

Limpeza urbanaeditar | editar código-fonte

Estão presente na limpeza urbana 169 trabalhadores incluindo o administrativo, técnico e operacional. Sendo 73 servidores públicos e 96 da empresa prestadora. Os recursos orçamentários para o processo foram de R$ 3.162 milhões apresentando 3,11% do orçamento da cidade.10 O recolhimento do lixo é feito diariamente recolhido pela empresa prestadora de serviço e encaminhado ao Aterro Sanitário.10

A coleta seletiva fica a cargo da Associação dos Catadores de Materiais Recicláveis (ASCAMP), os materiais coletados pela empresa são levados para o galpão da mesma sendo transportado por dois caminhões, um de propriedade da ASCAMP e outro da Prefeitura.10

Comunicaçõeseditar | editar código-fonte

A cidade possui serviços de internet discada e banda larga (ADSL) sendo oferecidos apenas por servidores pagos. Possui também um serviço de internet via fibra óptica em grande parte da cidade com velocidade de até 10 gigabytes por segundo.12 13

O serviço telefônico local (telefonia fixa) é atendido pela Algar Telecom e as empresas de telefonia móvel são Algar Telecom,14 Vivo, TIM, Claro e Oi, que oferecem serviços em GSM e 3G. O código de área (DDD) de Pará de Minas é 03715 e o Código de Endereçamento Postal (CEP) da cidade é 35.660-000.16

A cidade possui dois jornais em circulação o Gazeta Paraminense17 e o Jornal Diário de Pará de Minas.18 19 Atualmente existe três rádios FM's e uma AM; Total FM, Espacial FM, Stilo FM e a Santa Cruz AM. A cidade ainda conta com a TVI que retransmite o sinal da Rede Minas sendo matriz da TV Cidade Itaúna.20

Rodoviaseditar | editar código-fonte

Cultura, esporte e lazereditar | editar código-fonte

Museu Históricoeditar | editar código-fonte

O Museu Histórico, Documental, Fotográfico e do Som de Pará de Minas (MUSPAM), fica localizado perto dos Executivos, Judiciário e da Paróquia Nossa Senhora da Piedade, fundado em 10 de fevereiro de 1984. O prédio é uma das edificações mais antigas da cidade construído para residência de Manuel Baptista, o Patafufo, um dos fundadores da cidade.21

Teatroeditar | editar código-fonte

Em 2002, o Governo Federal anunciou recursos para custear a construção de um teatro na cidade, que até então não possuía.22 Após diversas paralisações o teatro foi inaugurado em 3 de dezembro de 2012 tendo uma ampla tecnologia de iluminação e com dependências para deficientes físicos. O Teatro Municipal Geraldina Campos de Almeida possui capacidade para 213 lugares, localizado atrás da Casa da Cultura no centro da cidade.23 Após uma vistoria do Corpo de Bombeiros Militar do Estado de Minas Gerais em janeiro de 2013 o local foi interditado por falta de um projeto de incêndio voltando a funcionar meses após.24

Futeboleditar | editar código-fonte

Portão de entrada da sede do Paraense Esporte Clube.

Pará de Minas é sede do clube de futebol Paraense Esporte Clube, tradicional representante do futebol mineiro, o Paraense disputou, a partir de 1961 até o início da década de 70, diversas vezes o Campeonato Mineiro da Divisão de Acesso, não alcançando contudo a Primeira Divisão.

Anunciado em julho de 2011, a empresa Dragão do técnico Carlos Alberto Silva iria financiar um CT do Futebol Clube do Porto na cidade, com o apoio do Governo do Estado seriam investidos R$ 27 milhões em obras civis, contudo a empresa também se comprometeu a reformar o estádio Ovídio de Abreu que na época era de propriedade do Paraense Esporte Clube.25 26 Iniciada as obras naquele ano elas estariam concluídas em 2018 o que proporcionaria cerca de 800 empregos de forma direta e indireta.25 Para a construção do estádio, a cidade comprou um terreno com cerca de 980 mil por R$ 1,5 milhão27 que abrigaria seleções da Copa do Mundo de 2014.28 Com vários atrasos no cronograma das obras, em outubro de 2012 foi inciada a terraplanagem do terreno.27 Já em abril de 2013, o prefeito da cidade, Antônio Júlio de Faria afirmou que o contrato dava-se por finalizado, já que não havia tido nenhum contato por parte da empresa após o início das obras e que o terreno já estaria destinado a uma outra finalização.29

Cinemaeditar | editar código-fonte

A antiga Estação Rodoviária atualmente abriga um cinema que ficou desativado por quase um ano em 2006 após alguns problemas financeiros.30 Em outubro do mesmo ano a empresa Cinematográfica União venceu a licitação para a administração do local e renomeou o lugar para Cine-Pub, que antes era chamado de Cine Café.31 No Cine-Pub, também abrigou uma galeria de arte e uma extensão de um barzinho local, este, que trazia shows ao vivo.32 Em fevereiro de 2013, o Cine-Pub foi interditado devido a falta de prevenção de incêndios e o fim da licitação com a Cinematográfica União,33 24 sendo o mesmo repassado para duas empresárias da cidade, sendo reaberto em março de 2014.34

Pontos turísticoseditar | editar código-fonte

Parque Bariri.

Dentre os pontos turísticos da cidade estão: Escola de Artes e Ofícios (SICA), Gruta N. Srª. Lourdes, Mirante das Piteiras, Mirante do Redentor, Museu Histórico, Parque do Bariri, Represa de Carioca e Igreja Matriz N. Srª. da Piedade.

Feriadoseditar | editar código-fonte

Em Pará de Minas, há quatro feriados municipais, definidos pela Lei nº 1.327, de 8 de fevereiro de 1967, oito feriados nacionais e três pontos facultativos. Os feriados municipais são: a Sexta-Feira Santa, que ocorre sempre em março ou abril; o Corpus Christi, que sempre é realizado na quinta-feira seguinte ao domingo da Santíssima Trindade; o dia da Nossa Senhora das Dores comemorado no dia 15 de setembro e o dia da Imaculada Conceição comemorando no dia 8 de dezembro.35 De acordo com a lei federal nº 9.093 de 12 de setembro de 1995, os municípios podem ter no máximo quatro feriados municipais, já incluída a Sexta-Feira Santa.36 37

Ver tambémeditar | editar código-fonte

Referências

  1. a b Divisão Territorial do Brasil. Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (1 de julho de 2008). Página visitada em 11 de outubro de 2008.
  2. IBGE (2009). Mapa Político do Estado de Minas Gerais (PDF). Página visitada em 18 de novembro de 2012.
  3. IBGE (10 out. 2002). Área territorial oficial. Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Página visitada em 5 dez. 2010.
  4. a b Estimativas da população residente nos municípios brasileiros com data de referência em 1º de julho de 2013 (PDF). Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (4 de outubro de 2013). Página visitada em 10 de janeiro de 2014.
  5. Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil. Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) (2000). Página visitada em 11 de outubro de 2008.
  6. a b Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Página visitada em 11 dez. 2010.
  7. VOCABULÁRIO TUPI-PORTUGUÊS DAS LIÇÕES. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas. Página visitada em 18 de dezembro de 2011.
  8. Pará de Minas: Minas Gerais - MG. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Página visitada em 4 de janeiro de 2013.
  9. As comunidades indígenas em Minas Gerais. Cedefes. Página visitada em 18 de dezembro de 2011.
  10. a b c d e PLANO MUNICIPAL DE SANEAMENTO DE PARÁ DE MINAS (PDF). Prefeitura de Pará de Minas. Página visitada em 2 de janeiro de 2012.[ligação inativa]
  11. Copasa intensifica obras de despoluição em Pará de Minas. Agência Minas (27 de março de 2006).
  12. Empresa de Pará de Minas é a segunda a investir na fibra óptica para oferecer a internet na velocidade da luz. Santa Cruz AM (3 de fevereiro de 2011). Página visitada em 2 de janeiro de 2012.
  13. Internet transmitida por fibra ótica chega com exclusividade a Pará de Minas. JC Notícias (3 de fevereiro de 2011). Página visitada em 2 de janeiro de 2012.
  14. CTBC lança tecnologia 3G em Pará de Minas e Nova Serrana. JC Notícias (11 de setembro de 2011). Página visitada em 2 de dezembro de 2012.
  15. DDD e Prefixos de telefone por cidades do Brasil (DDD 37 - Minas Gerais). MBI. Página visitada em 2 de janeiro de 2012.
  16. El código postal de Pará de Minas Minas Gerais, Brasil es 35660-000 (em espanhol). Código Postade. Página visitada em 2 de fevereiro de 2012.
  17. Gazeta Paraminense. Gazeta Paraminense. Página visitada em 2 de dezembro de 2012.
  18. Diário - Todo dia com você. Jornal Diário. Página visitada em 2 de dezembro de 2011.
  19. JORNAL DIARIO DE PARA DE MINAS LTDA. Info Guía - Minas Gerais. Página visitada em 2 de dezembro de 2012.
  20. Quem somos. TV Cidade Itaúna. Página visitada em 2 de dezembro de 2012.
  21. Histórico - Museu Histórico de Pará de Minas
  22. Chegou o grande dia: Teatro Municipal será inaugurado hoje em Pará de Minas. Santa Cruz (3 de dezembro de 2012). Arquivado do original em 4 de janeiro de 2013. Página visitada em 4 de janeiro de 2013.
  23. Demorou, mas Pará de Minas terá seu Teatro Municipal em dezembro. GRNews (21 de novembro de 2012). Arquivado do original em 4 de janeiro de 2013. Página visitada em 4 de janeiro de 2013.
  24. a b Prefeitura vai exigir muito mais que segurança no novo edital da Estação Cine-Café. Santa Cruz AM (26 de fevereiro de 2013). Arquivado do original em 23 de julho de 2013. Página visitada em 23 de julho de 2013.
  25. a b Futebol Clube do Porto terá CT em Pará de Minas. O Tempo (28 de maio de 2011). Página visitada em 09 de julho de 2011.
  26. FC do Porto: Pará de Minas preparada para assinar contracto de construção de novo centro de estágios dos campeões nacionais. Futebol Portugal. ESPN (12 de abril de 2011). Página visitada em 25 de abril de 2013.
  27. a b CT do Porto começa a ser construido. Total FM (24 de abril de 2013). Arquivado do original em 25 de abril de 2013. Página visitada em 25 de abril de 2013.
  28. O sonho acabou!. Total FM (24 de abril de 2013). Arquivado do original em 25 de abril de 2013. Página visitada em 25 de abril de 2013.
  29. Novos planos. JC Notícias. Espacial FM (24 de abril de 2013). Arquivado do original em 25 de abril de 2013. Página visitada em 25 de abril de 2013. "Prefeito de Pará de Minas enterra CT do Porto e já planeja outros projetos para terreno"
  30. Cine Café reabre suas portas em dezembro. JC Notícias. Espacial FM (24 de outubro de 2006). Arquivado do original em 23 de julho de 2013. Página visitada em 23 de julho de 2013.
  31. Cine Café deve voltar as suas atividades em breve. JC Notícias. Espacial FM (7 de outubro de 2006). Arquivado do original em 23 de julho de 2013. Página visitada em 23 de julho de 2013.
  32. Cine-Pub abre programação especial de férias. JC Notícias. Espacial FM (24 de julho de 2010). Arquivado do original em 23 de julho de 2013. Página visitada em 23 de julho de 2013.
  33. Proprietário do Cine Pub desocupa o imóvel e não esconde a frustração em ter que fechar as portas. Santa Cruz AM (22 de fevereiro de 2013). Arquivado do original em 23 de julho de 2013. Página visitada em 23 de julho de 2013.
  34. Promete! Cine-Café será aberto com programação diversificada. Stilo FM (26 de março de 2014). Arquivado do original em 27 de março de 2014. Página visitada em 27 de março de 2014.
  35. Ascipam - Associação Empresarial de Pará de Minas. RELAÇÃO DOS FERIADOS NACIONAIS E MUNICIPAIS DE 2011. Página visitada em 15/09/2011.
  36. Sérgio Ferreira Pantaleão. Carnaval - é ou não feriado? folga automática pode gerar alteração contratual (em português). Guia Trabalhista. Página visitada em 21 de fevereiro de 2011.
  37. Presidência da República. Lei Nº 9.093, de 12 de setembro de 1995. Página visitada em 21 de fevereiro de 2011.

Ligações externaseditar | editar código-fonte

Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
Wikisource Textos originais no Wikisource
Commons Imagens e media no Commons
Commons Categoria no Commons
Wikivoyage Guia turístico no Wikivoyage
Mapas







Creative Commons License