Portal:Azerbaijão

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Conteúdo · Temas gerais · Resumo do conhecimento · Portais · Categorias · Anexos por tema · Glossários · Índice A-Z

none.svg}} Bem-vindo ao
Portal do Azerbaijão
Ancient Gabala01.jpgRamana castle.jpgSaadet sarayi 2.jpgIsmailli Azerbaijan 00.jpg
Cartella viola.jpg
Brosen windrose-fr.svg
ver    
LocationAzerbaijan.svg

A República do Azerbaijão ou Azerbeijão é um país localizado no Cáucaso, na fronteira entre a Europa e a Ásia. Inclui uma área principal, junto ao Mar Cáspio, e o enclave de Nakichevan, a sudoeste. O território principal limita a norte com a Geórgia e a Rússia, a leste com o Mar Cáspio, do outro lado do qual se encontram as costas do Turquemenistão, a sul com o Irão e a oeste com a Arménia. A sua capital é Baku.

Considerada uma nação transcontinental, é membro do Conselho da Europa desde 25 de janeiro de 2001.


Cartella viola.jpg
Nuvola filesystems services.png
ver    
Karabakhwar01.jpg

A Guerra de Nagorno-Karabakh designa o conflito armado ocorrido entre Fevereiro de 1988 e Maio de 1994, no pequeno enclave étnico de Nagorno-Karabakh no sudoeste do Azerbaijão, opondo a maioria étnica arménia residente em Nagorno-Karabakh apoiada pela República da Arménia à República do Azerbaijão.

Com o decurso da guerra, a Arménia e o Azerbaijão, duas antigas repúblicas soviéticas, envolveram-se numa longa e não declarada guerra nos picos montanhosos de Karabakh, face à tentativa do Azerbaijão de dominar o movimento secessionista em Nagorno-Karabakh. O parlamento do enclave tinha votado favoravelmente à sua integração na Arménia e um referendo levado a cabo resultou numa larga maioria da população de Karabakh a manifestar-se a favor da independência do Azerbaijão. A ideia da unificação com a Arménia, que proliferou no final da década de 1980, começou de uma forma relativamente pacífica, contudo, à medida que a desintegração da União Soviética se aproximava, o conflito tornou-se gradulamente mais violento, resultando em acusações de limpeza étnica de parte a parte.

Os confrontos entre etnias estalaram pouco após o parlamento de Nagorno-Karabakh, na altura um oblast autónomo no Azerbaijão, votou favoravelmente à unificação da região com a Arménia a 20 de Fevereiro de 1988. A declaração de secessão do Azerbaijão foi o resultado final de um "longo ressentimento na comunidade arménia de Nagorno Karabakh contra as sérias limitações à sua liberdade cultural e religious pelas autoridades centrais soviéticas e azeris", mas mais importante, de um conflito pela posse do território.

Juntamente com os movimentos secessionistas nas repúblicas bálticas da Estónia, Letónia e Lituânia, os movimentos secessionistas no Cáucaso caracterizaram e desepenharam um papel importante na dissolução da União Soviética. O Azerbaijão declarou-se independente da União Soviética e removeu os poderes detidos pelo governo do enclave, a maioria arménia votou pela independência face ao Azerbaijão, tendo no processo proclamado o enclave como a República de Nagorno-Karabakh.

O conflito estalou definitivamente no final do Inverno de 1992. A mediação internacional tentada por diversos grupos como a OSCE não conseguiu terminar com o conflito gerando uma solução com que ambos os lados concordassem. Na Primavera de 1993, as forças arménias conquistaram regiões fora do enclave, ameaçando o envolvimento de outros países da região. No final da guerra, em 1994, os arménios controlavam totalmente o enclave, além de uma extensão que ainda controlam de cerca de 9% do território azeri fora do enclave. Cerca de 400.000 arménios do Azerbaijão e 800.000 azeris da Arménia e de Karabakh foram deslocados devido ao conflito. Um tratado de cessar-fogo foi assinado em Maio de 1994 e conversações de paz, mediadas pelo Grupo de Minsk da OSCE, têm sido mantidas desde então entre a Arménia e o Azerbaijão.

Cartella viola.jpg
Nuvola apps kontact.png
ver    

Anatoliy Andreyevich Banishevskiy (em russo, Анатолий Андреевич Банишевский ou Anatoli Andrey oğlu Banişevski, Baku, 23 de fevereiro de 1946 - Baku, 10 de dezembro de 1997) foi um jogador de futebol azerbaijano. Ele jogou pela Seleção Nacional de Futebol da URSS, vencendo 51 particas e marcando 19 gols pela URSS. Banishevskiy jogou pela seleção soviétiva na Copa do Mundo de Futebol de 1966. Seu clube era o PFC Neftchi, onde marcou 136 gols na Soviet Top League. O atacante foi nomeado não-oficialmente o Jogador Azerbaijano do Ano três vezes - 1966, 1967 e 1978.

Em novembro de 2003, como parte da celebração do Jubileu da UEFA, ele foi selecionado como o Jogador de Ouro do Azerbaijão para a Association of Football Federations of Azerbaijan como o jogador mais talentoso do país nos últimos 50 anos.

Cartella viola.jpg
Nuvola filesystems camera.png
ver    
Baku Municipality.JPG
Sede do Governo Nacional em Baku.
Cartella viola.jpg
Nuvola apps remote.png
ver    
Cartella viola.jpg
Nuvola apps kate.png
ver    
Cartella viola.jpg
Nuvola apps bad kcontrol.png
ver    

Artigos para desenvolver:

  • Outros artigos:

Artigos para revisar/reciclar:


Artigos para sofrerem fusão: Observação importante: Após fazer a fusão, favor riscar o nome da lista acima usando <s> e </s>.


Artigos para traduzir: Observação importante: Após fazer a fusão, favor riscar o nome da lista acima usando <s> e </s>.


Predefinições a traduzir/completar: Observação importante: Ao criar novos artigos procure criar todos os possíveis redirecionamentos.

Cartella viola.jpg
Nuvola apps kdmconfig.png
ver    
Predefinições
Infobox


Ligações
Portal A Wikipédia possui o
Portal da Azerbaijão
Cartella viola.jpg
Nuvola apps bookcase.png
ver    
Cartella viola.jpg
Portal.svg
ver    







Creative Commons License