Portal:Guiné Equatorial

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Conteúdo · Temas gerais · Resumo do conhecimento · Portais · Categorias · Anexos por tema · Glossários · Índice A-Z

Cartella viola.jpg
Brosen windrose-fr.svg
ver    
LocationEquatorialGuinea.svg

A Guiné Equatorial é um país da África ocidental, dividido em três territórios descontínuos, um continental e os restantes insulares. A norte, no Golfo da Guiné, a ilha de Bioko é o território mais importante e alberga a capital do país, Malabo. O vizinho mais próximo é os Camarões, a nordeste, seguindo-se a Nigéria, a noroeste, Mbini, a sueste, e São Tomé e Príncipe, a sudoeste. O segundo território é a parte continental do país, Mbini, encravado entre os Camarões, a norte, o Gabão a leste e sul e o Golfo da Guiné a oeste. Partes deste território estão mais próximas de São Tomé e Príncipe do que de Bioko. Finalmente, a sudoeste, a pequena ilha de Pagalu completa o país, tendo como vizinhos mais próximos São Tomé e Príncipe, a nordeste, e o Gabão a leste.

O presidente da Guiné Equatorial, Teodoro Obiang Nguema Mbasogo, decretou que o português seria uma das línguas oficiais, ao lado do espanhol e do francês, condição prévia para poder entrar na Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP). O país deseja ainda o apoio dos oito países membros (Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste) para difundir o ensino da língua portuguesa no país, para formação profissional e acolhimento dos seus estudantes pelos países da comunidade lusófona.

A Guiné Equatorial tem ainda o maior PIB per capita do continente africano, embora o seu IDH seja médio (0,719).

Cartella viola.jpg
Nuvola filesystems services.png
ver    
Annobón.png

Ano Bom é uma pequena ilha e província da Guiné Equatorial, localizada no Atlântico Sul, a 350 km da costa oeste do continente africano e 180 km a sudoeste da ilha de São Tomé (São Tomé e Príncipe). O território mede aproximadamente 6,4 km (comprimento) por 3,2 km (largura), com área superficial total de 17,5 km². A população da ilha é determinada em 5.008 pessoas. As atividades econômicas principais são a pesca e extração de madeira.

A ilha constitui a pequena Província de Annobón, uma das sete províncias da Guiné Equatorial. Sua capital é a cidade de San Antonio de Palé (português moderno, Santo António da Praia), ao norte. Todas as outras localidades da ilha são nomeadas San Antonio. A vida é calma e os navios normalmente atracam para comprar água e alimentos frescos (abundantes). No entanto, não há serviço regular de transporte marítimo para o resto do país, e o trânsito de embarcações é muito pequeno. O gentílico local é anobonense.1

Referências

  1. CALDEIRA. A. M., Medo e religião popular na ilha de Ano Bom. Uma aproximação histórica (séculos XVI-XIX). Centro de História de Além-Mar, FSCH/UNL. Actas do Congresso Internacional Atlântico de Antigo Regime: poderes e sociedades.
Cartella viola.jpg
Nuvola apps kontact.png
ver    

Portal:Guiné Equatorial/Biografia destaque

Cartella viola.jpg
Nuvola filesystems camera.png
ver    
Malabo a 13-oct-01.jpg
Vista aérea de Malabo.
Cartella viola.jpg
Nuvola apps remote.png
ver    

Portal:Guiné Equatorial/Você sabia

Cartella viola.jpg
Nuvola apps kate.png
ver    
Cartella viola.jpg
Nuvola apps bad kcontrol.png
ver    

Artigos para desenvolver:

  • Outros artigos:

Artigos para revisar/reciclar:


Artigos para sofrerem fusão: Observação importante: Após fazer a fusão, favor riscar o nome da lista acima usando <s> e </s>.


Artigos para traduzir: Observação importante: Após fazer a fusão, favor riscar o nome da lista acima usando <s> e </s>.


Predefinições a traduzir/completar: Observação importante: Ao criar novos artigos procure criar todos os possíveis redirecionamentos.

Cartella viola.jpg
Nuvola apps kdmconfig.png
ver    
Cartella viola.jpg
Nuvola apps bookcase.png
ver    
Cartella viola.jpg
Portal.svg
ver    







Creative Commons License