Portal:República Democrática do Congo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Conteúdo · Temas gerais · Resumo do conhecimento · Portais · Categorias · Anexos por tema · Glossários · Índice A-Z

Cartella blu.jpg
Brosen windrose-fr.svg
ver    
Congo Rep Dem carte.gif

A República Democrática do Congo (anteriormente Zaire), por vezes designada RDC, RD Congo, Congo-Kinshasa, Congo-Quinxasa ou Congo-Quinxassa para diferenciá-la do vizinho Congo (que também é chamado de Congo-Brazzaville), é o terceiro maior país de África. Confina a norte com a República Centro-Africana, a leste com Uganda, Ruanda, Burundi e a Tanzânia, a leste e a sul com a Zâmbia, a sul com Angola e a oeste com o Oceano Atlântico, com o enclave de Cabinda e com o Congo. A capital e maior cidade é Kinshasa.

Cartella blu.jpg
Nuvola filesystems services.png
ver    

A demografia da República Democrática do Congo é um domínio de estudos e conhecimentos sobre as características demográficas do território deste país. A República Democrática do Congo possui uma população de 63.655.000 habitantes, segundo estimativas para 2007. Esse número pode não ser exato, pois as estimativas para este país tomam em consideração explicitamente os efeitos do excesso de mortalidade devido à SIDA (1,1 milhão de pessoas têm a doença no país, segundo estimativas para 2003, o que pode resultar em menor expectativa de vida (em 53 anos), mortalidade infantil (88,62 mortes para cada mil nascidos vivos) mais elevada e taxas de mortalidade elevadas, e as mudanças na distribuição da população por idade e sexo do que seria esperado. Nesse caso, a população pode ultrapassar os 70 milhões de habitantes, por sua taxa de crescimento populacional, que foi calculada em 3,22%, no ano de 2006.

(leia mais...)

Cartella blu.jpg
Nuvola filesystems camera.png
ver    
Kinshasa downtown.jpg
Avenida em Kinshasa.
Cartella blu.jpg
Nuvola apps remote.png
ver    
  • O primeiro caso oficial de AIDS/SIDA no mundo foi registrado na República Democrática do Congo.
  • ... Kinshasa é a terceira cidade mais populosa da África, menos populosa apenas que o Cairo, no Egito, e Lagos, na Nigéria.
  • ... A República Democrática do Congo foi coloniazada pela Bélgica.
  • ... A atual constituição foi aprovada com mais de 84% dos votos.
  • ... A República Democrática do Congo é o terceiro país africano em extensão e o 12º no mundo.
  • ... Kinshasa, a capital do país, é separada de Brazzaville, capital do Congo apenas por um rio.
Cartella blu.jpg
Nuvola apps kdmconfig.png
ver    
Predefinições
Infobox


Ligações
Portal A Wikipédia possui o
Portal da República Democrática do Congo
Cartella blu.jpg
Nuvola apps kontact.png
ver    
Mobutu Sese Seko 1973.jpg

Mobutu Sese Seko Nkuku Ngbendu wa Za Banga (Lisala, Congo Belga, 14 de Outubro de 1930 - Rabat, Marrocos, 7 de Setembro de 1997). O seu nome significa em português: O Todo Poderoso Guerreiro que, Por Sua Força e Inabalável Vontade de Vencer, Vai de Conquista em Conquista, Deixando fogo em Seu Rastro. Seu nome de batismo era Joseph Desiré Mobutu. Foi o presidente do Zaire entre 1965 e 1997. Com uma imagem marcada pelo uso de um chapéu de pele de leopardo e uma bengala, fica para a história contemporânea de África como um dos mais poderosos governantes do continente.

Mobutu alistou-se em 1949 no exército, como sargento da Força Pública congolesa. Envolveu-se na luta pela independência, que foi conseguida em 1960, exercendo então o cargo de secretário de Estado da Presidência do Conselho de Ministros.

Afastou-se depois da política, mas não da actividade militar, esfera em que foi consolidando a sua influência até que ela se tornou um incontornável poder de facto no país. Decidiu-se por uma iniciativa militar, em 1965, que afastou o presidente e o primeiro-ministro, declarando-se Mobutu seu herdeiro espiritual. Dissolveu a Assembleia Nacional e assumiu a titularidade de todos os poderes (legislativo, executivo e judicial), em regime de partido único, de tal forma que o seu nome se veio a confundir com o próprio Estado.

Perante a comunidade internacional, alegou ser o único garante da unidade de um país multiétnico e, apesar da sua política ditatorial, foi apoiado pelos países ocidentais, que não queriam ver instalado um regime comunista em tão importante região de África. Em 1971, Mobutu mudou o nome do país e do importante rio internacional, ambos Congo, para Zaire.

Mobutu governava um dos países mais ricos do continente (entre outras potencialidades económicas, merece destaque a exploração de metais e pedras preciosas), mas o seu povo vivia cada vez mais abaixo do limiar da pobreza. A dívida externa chegava a atingir os 12 mil milhões de dólares. Em simultâneo, a fortuna pessoal de Mobutu, quase toda no estrangeiro, subia para índices estimados hoje em cerca de 7000 milhões de dólares. O presidente concentrava nas suas mãos uma grande parte do Produto Nacional Bruto do país.

Em 1997 o regime de Mobutu chegou ao fim. Após 32 anos no poder, o "Grande Leopardo" (como era por vezes apelidado) viu-se obrigado a abandonar o país, deixando o poder a Laurent-Désiré Kabila, que durante muitos anos lhe vinha movendo uma luta de guerrilha. Morreu de câncer de próstata no exílio em Rabat, Marrocos, em Setembro de 1997. (leia mais...)

Cartella blu.jpg
Nuvola apps kate.png
ver    
Cartella blu.jpg
Nuvola apps bad kcontrol.png
ver    

Artigos para desenvolver:

  • Outros artigos:

Artigos para revisar/reciclar:


Artigos para sofrerem fusão: Observação importante: Após fazer a fusão, favor riscar o nome da lista acima usando <s> e </s>.


Artigos para traduzir: Observação importante: Após fazer a fusão, favor riscar o nome da lista acima usando <s> e </s>.


Predefinições a traduzir/completar: Observação importante: Ao criar novos artigos procure criar todos os possíveis redirecionamentos.

Cartella blu.jpg
Nuvola apps bookcase.png
ver    
Cartella blu.jpg
Portal.svg
ver    







Creative Commons License