Príamo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou se(c)ção cita uma ou mais fontes fiáveis e independentes, mas ela(s) não cobre(m) todo o texto (desde Fevereiro de 2011).
Por favor, melhore este artigo providenciando mais fontes fiáveis e independentes e inserindo-as em notas de rodapé ou no corpo do texto, conforme o livro de estilo.
Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.


Príamo
Nome original Πρίαμος
Sexo Masculino
Actividade(s) Rei de Tróia

Príamo (em grego antigo: Πρίαμος, transl.: Príamos), na mitologia grega, foi rei de Troia durante a Guerra de Troia, e era filho de Laomedonte.

Seu nome original era Podarces. Quando Héracles capturou Troia e entregou sua irmã Hesíone como escrava de presente para Telamon, Héracles disse que Hesíone poderia escolher qualquer um e levar com ela, Hesíone então escolheu seu irmão. Héracles disse que Podarces deveria primeiro virar escravo, e depois ser resgatado por ela; quando Podarces estava sendo vendido Hesíone tirou seu véu e usou-o para resgatá-lo, por este motivo ele mudou seu nome para Príamo, que significa "resgatado".1

Teve várias esposas e muitos filhos. A primeira foi Arisbe, filha de Mérope, da qual nasceu Esaco. Depois teve como esposa Hécuba, que gerou Heitor, Heleno, Cassandra, Polido, Creusa, Laódice, Páris, Dêifobo, Polixena, Polidoro, Antifo, Tróilo e Ilíone. Outras fontes referem que teve com Hécuba dezenove ou vinte filhos no total. Outra esposa foi Laotoe, mãe de Licaon e com uma escrava teve Cebrion como filho. No total, teve 50 filhos, vivendo na Troia dos telhados dourados.

Quando os gregos chegaram a Troia, já Príamo era velho e não participou ativamente da guerra. Aventurou-se no campo de batalha para concluir o juramento respeitante ao duelo entre Páris e Menelau. Após a morte de Heitor, assassinado por Aquiles, foi ao acampamento dele para resgatar o corpo, ganhando assim a admiração de Aquiles. Quando os gregos entraram na cidade, Príamo quis lutar, mas foi persuadido por Hécuba e refugiou-se com ela e com as filhas num templo. Segundo algumas lendas, Polídoro entrou no templo, perseguido por Neoptolemo, e foi morrer a seus pés. Príamo tentou atingir Neoptolemo, mas foi brutalmente morto por este.

Outras lendas dizem que Príamo, louco de tristeza por ver Troia em chamas, tentou manusear suas velhas armas. Sem forças, caiu e foi decapitado por um soldado.

Referências

Precedido por
Laomedonte
Rei de Troia
(último)

Sucedido por
-







Creative Commons License