Antônio Augusto Ribeiro de Almeida

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Ribeiro de Almeida)
Ir para: navegação, pesquisa
Text document with red question mark.svg
Este artigo ou secção contém uma ou mais fontes no fim do texto, mas nenhuma é citada no corpo do artigo, o que compromete a confiabilidade das informações. (desde maio de 2012)
Por favor, melhore este artigo introduzindo notas de rodapé citando as fontes, inserindo-as no corpo do texto quando necessário.

Antônio Augusto Ribeiro de Almeida (Maricá, 20 de setembro de 1838Rio de Janeiro, 19 de novembro de 1919) foi um jurista brasileiro, filho do comendador Manuel Ribeiro de Almeida e avô materno do arquiteto Oscar Niemeyer.

Foi nomeado ministro do Supremo Tribunal Federal em 17 de junho de 1896, tomando posse no dia 24, preenchendo a vaga aberta com a exoneração concedida a Ubaldino do Amaral Fontoura. Exerceu a procuradoria-geral da República, interinamente, no período de 3 de setembro a 19 de dezembro de 1898 e, como titular, de 20 de dezembro de 1898 até 11 de março de 1901. Foi aposentado por decreto de 30 de setembro de 1913.

Em sua homenagem, a rua onde ele morava, em Laranjeiras, recebeu seu nome.

Referências

Precedido por
Americo Braziliense de Almeida Mello
Ministro do Supremo Tribunal Federal
1896 – 1913
Sucedido por
José Luiz Coelho e Campos
Precedido por
Joaquim Guimarães
Procurador-Geral da República do Brasil
1898 – 1901
Sucedido por
Edmundo Barreto
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.







Creative Commons License