Seleção Húngara de Futebol

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Seleção Húngara de Futebol
Flag of Hungary.svg
Alcunhas?  Os mágicos magiares (na década de 1950)
Magiares
Associação Magyar Labdarúgó-szövetség
Confederação UEFA
Material desportivo?  Alemanha Adidas
Treinador Hungria Sándor Egervári
Capitão Zoltán Gera
Mais participações József Bozsik (101)
Artilheiro Ferenc Puskás (84)
Kit left arm peter1011a.png Kit body hun12h.png Kit right arm peter1011a.png
Kit shorts adidasonwhite.png
Kit socks color 3 stripes white.png
Uniforme
titular
Kit left arm fcb0809t.png Kit body hun12a.png Kit right arm fcb0809t.png
Kit shorts adidaswhite.png
Kit socks color 3 stripes red.png
Uniforme
alternativo
editar

A Seleção Húngara de Futebol representa a Hungria nas competições de futebol da FIFA, UEFA e COI. É subordinada à Federação Húngara de Futebol (Magyar Labdarúgó Szövetség), que foi fundada em 1901.

Históriaeditar | editar código-fonte

A primeira partida ocorreu em Viena contra a Áustria em 12 de outubro de 1902, quando foi derrotada por 5 a 0. A Hungria foi considerada a primeira equipe não-britânica a derrotar a Inglaterra em solo inglês (desconsiderando vitórias da Irlanda independente), no Estádio de Wembley, em jogo com resultado de 6 a 3 em 25 de novembro de 1953, provocando uma grande comoção nacional nos dois países. Na revanche, derrotaram-os mais uma vez, agora por 7 a 1, e em Budapeste, no ano seguinte.

A Seleção Húngara de Futebol será sempre lembrada pela histórica equipe do anos 50 que encantou o mundo no começo da década, conquistando a medalha de ouro nas Olimpíadas e o vice da Copa do Mundo de 1954. Na decisão do Mundial, chegou a estar ganhando por 2 a 0 e permitiu a reação alemã, que no final ganhou por 3 a 2 e conquistou a Jules Rimet. Parte da frustração deveu-se ao fato de que os dois times já haviam se enfrentado na Copa, na primeira fase, e os magiares esmagaram os germânicos por 8 x 3.

O time húngaro era repleto de jogadores excelentes, do goleiro Gyula Grosics ao ponta Zoltán Czibor, incluindo Sándor Kocsis, Nándor Hidegkuti, Jenõ Buzánszky, József Bozsik e László Budai, todos comandados pelo major Ferenc Puskás e pelo técnico Gusztáv Sebes.

Até a derrota na final da Copa do Mundo de Futebol de 1954, a seleção húngara ficou 29 partidas invictas, entre 14 de maio de 1950 até 4 de julho de 1954, data da final da copa. Este recorde só foi superado pela Seleção Argentina, quarenta anos depois, entre 1991 e 1993, quando permaneceram 31 partidas invictas.

Mas desde a década de 30 a seleção húngara já se destacava no futebol mundial. Na Copa do Mundo de 1938, já tinha sido vice campeã mundial, perdendo o título para a Itália. O maior destaque era o atacante György Sárosi.

Nos anos 60, a seleção húngara conseguiu duas boas campanhas. Flórián Albert foi o líder de uma nova geração, onde destacavam-se Ferenc Bene e Lajos Tichy. A Hungria ficou em 5º lugar em 1962 e 6º lugar em 1966, quando inclusive derrotou a seleção brasileira, como fizera em 1954, quebrando a invencibilidade canarinha. Apesar disso, seus jogadores seguiam ofuscados pela geração de ouro dos anos 50.

A partir da década de 1970, a seleção e o próprio futebol húngaro praticamente deixaram de existir em termos mundiais. Nas Copas de 1978, 1982 e 1986, não conseguiu ficar entre as dez primeiras colocadas, caindo sempre na primeira fase. O maior feito foi a vitória de 10 x 1 sobre El Salvador, na Copa de 1982, a maior goleada das Copas, superando uma marca que já era húngara - os 9 x 0 sobre a Coreia do Sul em 1954. Nesta partida de 1982, László Kiss destacou-se ao tornar-se o primeiro reserva a marcar três gols em um jogo de Copa.

Ao todo, participou de nove edições do Mundial e é a maior vencedora de olimpíadas com três títulos olímpicos conquistados nos jogos olímpicos de verão de 1952, 1964 e 1968, e até hoje possui o recorde das duas maiores goleadas aplicadas em uma copa do mundo, com um 10 x 1 sobre a seleção salvadorenha na copa de 1982 e 9 x 0 sobre a seleção sul-coreana na copa de 1954

No Campeonato Mundial Sub-20, obteve um inédito terceiro lugar em 2009

Títuloseditar | editar código-fonte

Campanhas destacadaseditar | editar código-fonte

Elenco atualeditar | editar código-fonte


Goleiros
Nome Idade Clube Partidas (gols) Primeira Partida
Márton Fülöp 3 de maio 1983 (idade 25) Inglaterra Sunderland 18 (0) v Bandeira da França França, 31 de maio de 2005
László Köteles 1 de setembro 1984 (idade 24) Hungria Diósgyőr 0 v N/A
Defesa
Nome Idade Clube Partidas (gols) Primeira Partida
Roland Juhász 1 de julho de 1983 (idade 25) Bélgica Anderlecht 43 (4) v Flag of Japan.svg Japão, 25 de abril de 2004
Vilmos Vanczák 20 de junho, 1983 (idade 25) Suíça Sion 38 (0) v Flag of Slovakia.svg Eslováquia, 30 de novembro de 2004
Zoltán Szélesi 22 de novembro 1981 (idade 27) França Strasbourg 20 (0) v Flag of the People's Republic of China.svg China, 1 de junho de 2004
Boldizsár Bodor 27 de abril de 1982 (idade 26) Países Baixos Roda 17 (0) v Flag of Estonia.svg Estónia, 19 de Novemro de 2003
Krisztián Timár 4 de outubro de 1979 (idade 29) Inglaterra Plymouth Argyle 3 (0) v Flag of Slovenia.svg Eslovénia, 26 de Março de 2008
Gábor Horváth 4 de julho de 1985 (idade 23) Hungria FC Fehérvár 0 v N/A
Meio Campo
Nome Idade Clube Partidas (gols) Primeira Partida
Zoltán Gera (Capitão.) 22 de abril de 1979 (idade 29) Inglaterra Fulham 58 (17) v Flag of Switzerland.svg Suíça, 13 de fevereiro de 2002
Szabolcs Huszti 18 de abril 1983 (idade 25) Rússia FC Zenit St. Petersburg 39 (6) v Flag of Japan.svg Japão, 25 de abril de 2004
Tamás Hajnal (2º Capitão.) 15 de março de 1981 (idade 27) Alemanha Borussia Dortmund 28 (3) v Flag of Sweden.svg Suécia , 9 de outurbo de 2004
Balázs Tóth 24 de setembro de 1981 (idade 27) Bélgica Genk 27 (0) v Flag of Latvia.svg Letónia, 19 de fevereiro de 2004
Péter Halmosi 25 de setembro de 1979 (idade 29) Inglaterra Hull City 23 (0) v Bandeira da República Tcheca República Tcheca, 12 de fevereiro de 2002
Krisztián Vadócz 30 de maio de 1985 (idade 23) Espanha CA Osasuna 18 (2) v Flag of Slovakia.svg Eslováquia, 30 de Novembro de 2004
Balázs Dzsudzsák 23 de dezembro de 1986 (idade 22) Países Baixos PSV Eindhoven 17 (1) v Grécia Grécia, 2 de Junho de 2007
Atacantes
Nome Idade Clube Partidas (gols) Primeira Partida
Sándor Torghelle 5 de maio 1982 (idade 26) Alemanha FC Augsburg 31 (10) v Flag of Armenia.svg Armênia, 18 de Fevereiro de 2004
Gergely Rudolf 9 de março de 1985 (idade 28) Hungria Debreceni VSC 24 (9) v Flag of Monaco.svg  Mônaco, 20 de Agosto de 2008
Ádám Szalai 9 de dezembro de 1987 (idade 26) Alemanha Schalke 04 19 (7) v Flag of Israel.svg Israel, 11 February 2009

Jogadores Famososeditar | editar código-fonte

Principais Timeseditar | editar código-fonte

Curiosidadeseditar | editar código-fonte

Broom icon.svg
Seções de curiosidades são desencorajadas pelas políticas da Wikipédia.
Ajude a melhorar este artigo, integrando ao corpo do texto os itens relevantes e removendo os supérfluos ou impróprios.
  • A Seleção Húngara é a maior vencedora dos Jogos Olímpicos com três medalhas de ouro, uma de prata e uma de bronze.

Ver tambémeditar | editar código-fonte

Referências

  1. a b c FIFA.com (abril de 2011). Ranking Mundial da FIFA/Coca-Cola (em português). Página visitada em 6 de maio de 2011.

Ligações externaseditar | editar código-fonte

Ícone de esboço Este artigo sobre futebol é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.







Creative Commons License