Vértebra

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Vértebra torácica
As curvaturas da coluna vertebral

As vértebras são os ossos que compõem a coluna vertebral dos vertebrados. Normalmente existem 33 vértebras no ser humano, incluindo as cinco que se encontram fundidas e formam o sacro, e as quatro coccígeas. As três regiões superiores compreendem as restantes 24 vértebras e são agrupadas em: cervicais (7 vértebras), torácicas (12 vértebras) e lombares (5 vértebras), de acordo com a zona em que se encontram.

Este número é por vezes aumentado por uma vértebra adicional numa região, ou diminuído numa região, sendo que esta deficiência é frequentemente compensada por uma vértebra extra noutra região. O número de vértebras cervicais é, no entanto, muito raramente aumentado ou diminuído. Cada par de duas vértebras é separado por duas aberturas chamadas insisuras superior e inferior. A articulação dessas vertebras forma o forame intervertebral, de onde saem os nervos espinhais.

Vértebras Cervicaiseditar | editar código-fonte

Sâo 7. A primeira chama-se Atlas, fazendo a articulação com o crânio (processo articular superior do atlas com o côndilo do occipital), e a segunda, Axis, cujo dente ("Dente do Áxis") articula-se com a Atlas. Ambas são fundamentais e singulares por permitirem os movimentos da cabeça. A sétima vértebra ou C7, por ser facilmente notada, principalmente em pessoas mais magras, é chamada "proeminente".

As vértebras possuem:

  • Forame Transverso
  • Processo Espinhoso Bifurcado ou Bífido
  • Corpo reduzido


Descrição das vértebras

  • C1 ATLAS: O corpo é em forma de anel. Tubérculo Anterior e Tubérculo Posterior. Faces Articulares bem diferentes, acidentadas na parte superior e na parte inferior é lisa. Na parte superior faz articulação com os Côndilos Occipitais.
  • C2 AXIS: É a única vértebra que possui saliência que é chamada de DENTE. Esse dente vai se articular com o Tubérculo Anterior do Atlas na fóvea dentis do atlas, o que permite o movimento de rotação da cabeça. Possui Processo Espinhoso ascendente e também essa característica é única dela.
  • C7 PROEMINENTE: Articula com a primeira vértebra torácica e por isso possui todas as características das cervicais e uma característica das torácicas: o Processo Espinhoso é proeminente, comprido e inclinado para baixo.

Vértebras Torácicaseditar | editar código-fonte

São 12, possuindo corpo reforçado e fazendo articulação com as costelas.

As vértebras possuem:

  • Corpo maior que as cervicais
  • Processo Espinhos mais comprido e inclinado para baixo
  • Articula-se com as costelas e por isso possuem Fóveas Costais que aparecem no corpo e no Processo Transverso. Cada vértebra possui quatro Fóveas: 2 no Corpo e 2 no Processo Transverso.

Vértebras Lombareseditar | editar código-fonte

São 5, maiores por sustentarem maior pressão e peso do corpo. De todas é a que possui o corpo mais volumoso e seu Processo Espinhoso é reto e curto.

Vértebras Sacraiseditar | editar código-fonte

São 5, com tamanho decrescente. Durante a infância, são independentes, mas na idade adulta apresentam-se fundidas, formando o Osso Sacro.

Entre as vértebras fundidas não existem Discos Intervertebrais (o último disco fica entre o Sacro e o Cóccix). Tem formato triangular de ápice inferior

Vértebras Coccigianaseditar | editar código-fonte

Formado pela fusão de 4 vértebras. Articula-se com o sacro através de em disco intervertebral.

Problemaseditar | editar código-fonte

As luxações e as fraturas das vértebras são problemas ortopédicos quase sempre de grande comprometimento motor e dor. Em alguns caso pode inclusive levar a compressão ou secção da Medula espinhal, em conseqüência a paralisias ou morte.

As principais doenças associadas a má formação das vertebras são a escoliose, a Hiper lordose e a Hiper cifose, além de reumatismo e artrose. cada vertebra é composta de ossos e mucosa








Creative Commons License