Vicente Pires da Mota

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Vicente Pires da Mota
Nascimento 1 de setembro de 1799
São Paulo
Morte 30 de outubro de 1882 (83 anos)
São Paulo
Nacionalidade Império do Brasil Brasileiro
Ocupação Sacerdote

Vicente Pires da Mota (São Paulo, 1 de setembro de 1799 — São Paulo, 30 de outubro de 1882) foi um sacerdote católico, jurista, professor e político brasileiro.

Foi ordenado sacerdote em 1821. Bacharel pela Faculdade de Direito de São Paulo em 1833, onde foi mais tarde diretor. Juiz de paz de Santa Ifigênia, na mesma cidade.

Foi vice-presidente da província de São Paulo cinco vezes, presidente da província de Pernambuco, de 26 de abril a 17 de junho de 1848, presidente da província de São Paulo de 16 de outubro de 1848 a 27 de agosto de 1851, presidente da província do Ceará, de 20 de fevereiro de 1854 a 13 de outubro de 1855, presidente da província do Paraná, de 1 de março a 26 de setembro de 1856, presidente da província de Minas Gerais, de 1860 a 1861, presidente da província de Santa Catarina, nomeado por Carta Imperial de 4 de novembro de 1861, de 17 de novembro de 1861 a 25 de setembro de 1862, quando passou o cargo para o primeiro vice-presidente, João Francisco de Sousa Coutinho, que completou o cargo interinamente até 26 de dezembro de 1862. Voltou a ser presidente da província de São Paulo, de 16 de outubro de 1862 a 3 de fevereiro de 1864. Retornou à presidência de São Paulo outras três vezes, interinamente, de 19 de maio a 30 de julho de 1869, de 28 de outubro a 5 de novembro de 1870, e de 13 de abril a 29 de abril de 1871.

Bibliografiaeditar | editar código-fonte

  • Cabral, Oswaldo Rodrigues: Nossa Senhora do Desterro. Volume 2: Memória. Florianópolis: Lunardelli, 1979, páginas 562 a 567.

Ligações externaseditar | editar código-fonte


Precedido por
Rafael Tobias de Aguiar
Presidente da província de São Paulo
1834
Sucedido por
Rafael Tobias de Aguiar
Precedido por
Miguel de Sousa Melo e Alvim
Presidente da província de São Paulo
1842
Sucedido por
José da Costa Carvalho
Precedido por
Antônio Pinto Chichorro da Gama
Presidente da província de Pernambuco
1848
Sucedido por
Herculano Ferreira Pena
Precedido por
Domiciano Leite Ribeiro
Presidente da província de São Paulo
1848 — 1851
Sucedido por
José Tomás Nabuco de Araújo
Precedido por
Joaquim Vilela de Castro Tavares
Presidente da província do Ceará
1854 — 1855
Sucedido por
Francisco Xavier Pais Barreto
Precedido por
Henrique Pedro Carlos de Beaurepaire-Rohan
Presidente da província do Paraná
1856
Sucedido por
José Antônio Vaz de Carvalhais
Precedido por
Joaquim Delfino Ribeiro da Luz
Presidente da província de Minas Gerais
1860 — 1861
Sucedido por
Manuel Teixeira de Sousa
Precedido por
Inácio da Cunha Galvão
Presidente da província de Santa Catarina
1861 — 1862
Sucedido por
João Francisco de Sousa Coutinho
Precedido por
Manuel Joaquim do Amaral Gurgel
Presidente da Província de São Paulo
1862 — 1864
Sucedido por
Manuel Joaquim do Amaral Gurgel
Precedido por
José Elias Pacheco Jordão
Presidente da Província de São Paulo
1869
Sucedido por
Antônio Cândido da Rocha
Precedido por
Antônio Cândido da Rocha
Presidente da Província de São Paulo
1870
Sucedido por
Antônio da Costa Pinto e Silva
Precedido por
Antônio da Costa Pinto e Silva
Presidente da Província de São Paulo
1871
Sucedido por
José Manuel da Silva


Ícone de esboço Este artigo sobre um político brasileiro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.







Creative Commons License