Vitorino Freire

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Município de Vitorino Freire
"Água Branca"
"Terra Bôa"
Bandeira desconhecida
Brasão desconhecido
Bandeira desconhecida Brasão desconhecido
Hino
Aniversário 25 de setembro
Fundação 1952
Gentílico vitorinense
Lema Vitorino Para Todos!
Prefeito(a) Zé Leandro1 (PTdoB)
(2013–2016)
Localização
Localização de Vitorino Freire
Localização de Vitorino Freire no Maranhão
Vitorino Freire está localizado em: Brasil
Vitorino Freire
Localização de Vitorino Freire no Brasil
04° 16' 55" S 45° 15' 03" O04° 16' 55" S 45° 15' 03" O
Unidade federativa  Maranhão
Mesorregião Oeste Maranhense IBGE/2008 2
Microrregião Pindaré IBGE/2008 2
Municípios limítrofes Bacabal, Bom Lugar, Olho d'Água das Cunhãs, Brejo de Areia, Santa Inês, Altamira do Maranhão, Paulo Ramos, Satubinha, Bela Vista do Maranhão, Lago da Pedra
Distância até a capital 300 km
Características geográficas
Área 1 122,700 km² 3
População 51 654 hab. IBGE/20104
Densidade 46,01 hab./km²
Clima tropical equatorial Af
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,594 baixo PNUD/2000 5
PIB R$ 111 253,645 mil IBGE/20086
PIB per capita R$ 3 576,48 IBGE/20086
Página oficial

Vitorino Freire é um município brasileiro do estado do Maranhão.

Históriaeditar | editar código-fonte

Antes de ter se emancipado administrativamente e ter ganho o nome de Vitorino Freire, o lugar onde se situa a cidade foi denominado Centro dos Boas, em homenagem ao lavrador Boaventura Ribeiro, que ali chegou com sua família em 1938. Com o aumento da população, em 1944 o povoado recebeu um novo nome, Água Branca. Em 1948 recebeu o nome de Vila Senador Vitorino Freire. Em 25 de setembro de 1952, torna-se cidade e recebe o nome de Vitorino Freire, tendo como primeiro prefeito Sant'Clair Martins Pereira, e o vice Raimundo Thiago Avilino de Sousa. Atualmente a cidade abastece municípios ao redores.


Geografiaeditar | editar código-fonte

Sua população estimada em 2004 era de 28.900 habitantes. Sua área é de 1.123 km², representando 0.3382% do Estado e 0.0132% de todo o território brasileiro.

Seu Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) é de 0.594, segundo o Atlas do Desenvolvimento Humano/PNUD (2000).

Economiaeditar | editar código-fonte

A economia de Vitorino Freire é baseada na agricultura e pecuária, tendo como destaque as culturas de mandioca, arroz, milho e feijão. Bem como a produção de carne e leite.
O Extrativismo também está presente na vida do vitorinense, A extração da amêndoa do Babaçu foi e ainda é a única fonte de renda de famílias inteiras. O Babaçu também é muito aproveitado, seu fruto e a casca (como é chamado todo o residuo depois da extração da amêdoa) é utilizada para produção de carvão, suas palhas são utilizadas para produção de cestos(tiracó, cofo ou pacará), esteiras, coberturas de casas. A Parte central de sua palha é utilizada em paredes de casas e cercas. Sua amêndoa fornece um óleo utilizado na culinária, na produção de sabão, cosméticos e também pode ser utilizado na produção de Biodiesel. A Palmeira também fornece palmito.

Educaçãoeditar | editar código-fonte

Atualmente a educação Vitorinense está entre as melhores do Maranhão, com um índice de educação elevado. A cidade conta com excelentes escolas municipais e estaduais, tais como o Centro de Ensino Rui Barbosa(rede estadual) atualmente entre as melhores escolas da região do Médio Mearim, contamos também com o Centro de Ensino Aparício Bandeira(rede estadual), todo ano essas escolas se destacam no Exame Nacional do Ensino Médio e também no cenário educacional maranhense, como excelentes estudantes, contamos também com a Escola Família Agrícola.

Universidadeseditar | editar código-fonte

  • Universidade Estadual do Maranhão (UEMA)
  • Faculdade de Ciências e Tecnologia do Maranhão (FACEMA)
  • Faculdade do Maranhão (FACAM)

Turismoeditar | editar código-fonte

O município possui belezas naturais, como o Rio Grajaú e o Lago do Remanso, na fronteira com a cidade de Santa Inês (Maranhão) e também com Altamira do Maranhão.

O Carnaval do município atrai foliões de toda Região do Médio Mearim, sendo umas das festas folclóricas mais tradicionalmente da cidade, onde as pessoas saem do Retorno e seguem com desfiles e fantasias até a Praça Governador José Sarney. A segunda feira é tradicionalmente o Bloco das Fuleiras, onde os homens se fantasiam de mulheres e seguem nos blocos de rua da cidade.

Em julho ha uma grande festa, que é a Vaquejada de Vitorino Freire, quando vem vaqueiros e foliões de todo o Brasil, com uma das maiores premiações do Circuito de Vaquejadas do Maranhão, sua vaquejada é comentada em todo o Estado, depois da vaquejada tem festa com algumas atrações nacionais no Club do Forró, uma banda de forró típica é o Forró Sacode que acompanha a vários anos consecutivos a vaquejada vitorinense.

Entre os dias Sexta, Sábado e domingo a cidade conta como uma opção de laser alternativa, o Club Drink Dance, um dos mais tradicionais da cidade, que sempre lota fazendo a curtição da população.

A cidade também conta com Pedra do Salgado, um enorme monumento natural.

Meios de comunicaçãoeditar | editar código-fonte

A cidade é munida de sistemas de televisão representados pelas estações TV Grajaú (afiliada Rede Record) e TV Tarumã (afiliada SBT), a cidade conta com retransmissora da TV Mirante (afiliada Rede Globo).

Referências

  1. Resultado Final eleições 2012 no Maranhão. Página visitada em 13/01/2013.
  2. a b Divisão Territorial do Brasil. Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (1 de julho de 2008). Página visitada em 11 de outubro de 2008.
  3. IBGE (10 out. 2002). Área territorial oficial. Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Página visitada em 5 dez. 2010.
  4. Censo Populacional 2010. Censo Populacional 2010. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (29 de novembro de 2010). Página visitada em 11 de dezembro de 2010.
  5. Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil. Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) (2000). Página visitada em 11 de outubro de 2008.
  6. a b Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Página visitada em 11 dez. 2010.
Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado do Maranhão é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.







Creative Commons License