Zona de ocupação soviética na Alemanha

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Sowjetische Besatzungszone (SBZ)
Советская зона Германии

Zona de ocupação soviética da Alemanha
Flag of the NSDAP (1920–1945).svg
1945 – 1949 Flag of East Germany.svg
Localização de Alemanha sob ocupação soviética
Território da zona de ocupação soviética, a vermelho; em cor-de-rosa o território alemão a leste da linha Oder-Neisse anexado pela União Soviética e pela República Popular Polaca.
Continente Europa
Capital Berlim
Língua oficial Alemão
Governo Estado fantoche
Legislatura Volkskammer
Período histórico Guerra Fria
 • 7 de outubro de 1945 de 1945 Fundação
 • 3 de outubro de 1949 de 1949 Dissolução

Zona de Ocupação Soviética da Alemanha (ZOS) (em alemão: Sowjetische Besatzungszone (SBZ) ou Ostzone; em russo: Советская зона Германии, Sovetskaya zona Germanii) foi uma área do leste da Alemanha ocupada pela União Soviética desde 1945, ao terminar a Segunda Guerra Mundial. Em 7 de outubro de 1949, a zona da sua ocupação converteu-se numa república socialista chamada República Democrática Alemã, também conhecida como Alemanha Oriental.

Áreas ocupadaseditar | editar código-fonte

Áreas significativas do que seria a zona soviética da Alemanha não foram passadas para os soviéticos senão uns meses depois do fim das hostilidades, tendo sido primeiro ocupadas por forças estado-unidenses.carece de fontes? Em julho de 1945 os americanos retiraram-se da linha de contacto na Alemanha até às fronteiras de ocupação acordadas, no que se constituiria mais tarde como a fronteira interna alemã.

A ZOS foi uma das quatro Zonas ocupadas pelos Aliados na Alemanha criadas no fim da Segunda Guerra Mundial. De acordo com o estabelecido na Conferência de Potsdam, a Administração Militar Soviética na Alemanha (iniciais em alemão: SMAD) obteve controlo sobre as regiões orientais da Alemanha. Pouco depois, os soviéticos permitiram o surgimento de quatro partidos políticos, embora lhes fosse exigido que trabalhassem juntos sob uma coligação chamada "Bloco Democrático" (mais tarde Frente Nacional). Em abril de 1946, o Partido Social-democrata da Alemanha (SPD) e o Partido Comunista da Alemanha (KPD) fundiram-se e formaram o Partido Socialista Unificado da Alemanha (PSUA), que se converteu em partido único e governante da Alemanha Oriental.

No princípio, Estaline quis por toda a Alemanha sob influência soviética não permitindo que o governo exilado em Londres retornasse,1 mas quando os Aliados ocidentais resistiram a esta ideia, procurou criar uma Alemanha unida que seria não alinhadacarece de fontes?. Quando o Oeste uma outra vez resistiu a estes esforços, Estaline decidiu focar os seus esforços na zona de ocupação soviética.

Em 1945, a ZOS consistia principalmente de porções da Prússia. Depois da Prússia ser dissolvida pelos poderes Aliados em 1947, a área foi dividida entre os estados alemães (Länder) de Brandemburgo, Mecklemburgo-Pomerânia Ocidental, Saxónia, Saxónia-Anhalt e Turíngia. Em 7 de outubro de 1949, a zona soviética transformou-se na República Democrática Alemã. Em 1952, os "Länder" foram dissolvidos e realinhados em 14 distritos(Bezirke), mais o distrito de Berlim Oriental. O quartel-general situava-se em Berlim Oriental, no bairro de Karlshorst (distrito de Lichtenberg).

A zona de ocupação soviética era constituída pelos atuais Länders de:
Setores de ocupação soviética em Berlim (tornar-se-iam Berlim Oriental). Distritos berlinenses de:
Nota: Os distritos marcados com asterisco foram criados depois de 1945.

Lista de comandantes de zonaeditar | editar código-fonte

Comandante militareditar | editar código-fonte

Governadores militareseditar | editar código-fonte

  • 9 de junho de 1945 - 10 de abril de 1946 : Gueorgui Jukov
  • 10 de abril de 1946 – 29 de março de 1949 : Vassili Sokolovski
  • 29 de março de 1949 – 10 de outubro de 1949 : Vassili Chuikov

Presidente da comissão de controloeditar | editar código-fonte

  • 10 de outubro de 1949 – 28 de maio de 1953 : Vassili Chuikov

Altos-comissárioseditar | editar código-fonte

Ver tambémeditar | editar código-fonte

Referências

  1. Peter Kenez. "A History of the Soviet Union from the Beginning to the End ". Cambridge: Cambridge University Press, 1999. Capítulo: 7. , p. 163. ISBN 0-521-31198-5







Creative Commons License